Logo ME

4 bandas indie (de verdade) que você precisa conhecer

Essa listinha traz bandas indie de verdade (sem gravadora) que precisam estar nos seus fones agora

samuel_guterman

metz

Recentemente, eu me deparei com o seguinte pensamento de chuveiro: “indie” vem de “independente”, ou seja, é lançado sem ter o suporte dos grandes selos, como EMI, Fueled By Ramen, Universal, etc.

Seguindo esse raciocínio, bandas julgadas como “indie” como Arctic Monkeys, The Black Keys, Tame Impala, Twenty One Pilots, Bastille, Imagine Dragons, entre outras, quando lançam uma música-hino e estouram, não podem mais ser classificadas como “independentes” pois já estão sendo lançadas por grandes gravadoras.

Por isso, fiz essa listinha pessoal com bandinhas incríveis que fazem jus ao gênero “indie” pra você que curte uma coisinha mais barroca e vanguardista.

1) frnkiero andthe cellabration

O nome parece estar escrito todo errado, mas é isso mesmo. Trata-se de um projeto do ex-guitarrista do My Chemical Romance, Frank Iero Jr. Essencialmente, é uma banda de garagem, com guitarras e microfone distorcidos ao extremo e letras que… bem, não dá para entender prontamente. Mas com um pouquinho de esforço (e uma mão amiga do A-Z lyrics) dá pra ver que elas passam mensagens fortíssimas.

2) Brooms

Aqui temos o exemplo perfeito de uma banda “fofinha”: letras fofinhas, arranjos fofinhos e um vocalista com uma VOZINHA FOFINHA MEU DEUS PRECISO APERTAR SÉRIO.

Percebe-se que eles são o tipo de grupo que não está nem aí pra fazer sucesso, pois os dois integrantes (que ninguém sabe o nome, mas amamos mesmo assim) não procuraram nenhum grande nome da música para pedir uma ajudinha. Eles surgiram no Brooklyn, em Nova York, e já:
– Fizeram um show onde só uma pessoa apareceu
– Gravaram suas músicas em celeiros, porões e na sala de estar da avó de um dos integrantes
– Prepararam (e ainda preparam) refeições aos seus engenheiros de som. Já fizeram saladas, cerveja e até amêndoas especiais a eles.

3) Picanha de Chernobill

Essa é só pra quem é profissional em caminhar na Paulista. A banda formada por Matheus Mendes, Chico Rigo e Rafael Rosa ficou famosa por ser uma das poucas bandas realmente boas a se apresentar nas calçadas da Avenida Paulista. Quem já teve a oportunidade de assisti-los sabe como os caras são bons e merecem muito mais do que já conquistaram.

4) Metz

Metz é um punk-rock-hardcore-superpesado-e-distorcido-pra-caramba-mas-que-é-bom-juro. Eles acabaram ganhando um modesto destaque pela música “Wet Blanket”, que faz parte da imensa trilha sonora de Grand Theft Auto V, mas eu aposto que você não se preocupou muito em ouvir todo o resto… que é sensacional!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s