Logo ME

8 teorias sobre Game of Thrones que irão explodir sua cabeça

Bianca_Sonnewend Bruno_Antonio
Noel_Bielecki Pedro_Spadoni

Se você está acompanhando a sexta temporada de Game of Thrones, sabe que o seriado anda pegando fogo (literalmente e metaforicamente). Os fãs estão malucos na internet inventado teorias sobre o que pode acontecer. Reunimos as melhores neste post. Pegue sua espada de aço valiriano e chegue mais.

ATENÇÃO! ESTE POST CONTÉM FORTES SPOILERS SOBRE GAME OF THRONES ATÉ A SEXTA TEMPORADA. SE AINDA NÃO ASSISTIU, NÃO LEIA.

ATUALIZAÇÃO: Após o final da sexta temporada, a teoria 1 foi confirmada e as teorias 4 e 5 foram descartadas.

1) R + L = J

nedjon_01

Esta é a mais conhecida de todas e tem altas chances de se tornar realidade. Como todos os fãs sabem, Jon Snow é um bastardo e ninguém sabe quem é sua mãe. A teoria diz que sua mãe poderia ser Lyanna Stark. E, nesse caso, seu pai não seria Ned Stark, e sim Rhaegar Targaryen, filho do Rei Louco e irmão de Daenerys.

Rhaegar é o príncipe que raptou Lyanna e ocasionou a rebelião da qual Robert Baratheon e Ned Stark participaram. Durante essa revolta, Lyanna morreu em circunstâncias ainda desconhecidas. Tudo que sabemos é que, quando Ned a encontrou, ela pediu a ele que fizesse uma promessa.

Segundo a teoria, Lyanna provavelmente morreu devido a complicações no parto de Jon e a promessa era justamente que Ned protegesse Jon de Robert e dos Lannister, uma vez que eles assassinaram toda a família Targaryen. Quando Ned voltou para Winterfell, ele trouxe um bebê, que alegou a sua esposa Catelyn ser seu próprio filho bastardo.

Há várias evidências de que essa teoria é verdade. A primeira é que Ned Stark, honrado acima de tudo, não seria capaz de trair Catelyn a ponto de ter um filho bastardo. Analisando o livro, foram encontradas frases diversas em que Ned não se refere a Jon como seu filho. Dentre alguns outros exemplos, segue um interessante: “[Eddard] viveu suas mentiras por quatorze anos, mas elas ainda o atormentam à noite”. Essa frase está no segundo livro, quando Jon tem… 14 anos. Outro exemplo: na série, quando Robert decide matar Daenerys e seu filho ainda não nascido de Drogo, Ned desiste de ser a Mão do Rei. Essa demonstração de afeto aos Targaryen poderia ser uma demonstração da proteção de Ned a Jon.

jon02

Podemos ter uma confirmação dessa teoria em breve. Acredita-se que a luta que Bran presenciou no terceiro episódio, quando viu seu pai no passado, se passa logo antes do momento em que ele recebe Jon de Lyanna.

Se por acaso essa teoria for real, isso faz de Jon Snow “As Crônicas de Gelo e Fogo” personificadas. Ele é a junção de um Stark (gelo) com um Targaryen (fogo). Outro fato comprovado nos últimos episódios é que seus votos à Patrulha da Noite foram cumpridos, uma vez que ele morreu. Até ele mesmo falou isso para seus irmãos da Patrulha. Em nenhum lugar está escrito que ele deve servir após a morte ou depois de ressuscitar. Sendo assim, apesar de ele ser bastardo (pois Rhaegar era casado e Lyanna era noiva), tem direito a assumir o Trono de Ferro, até mesmo mais do que Dany.

2) Os Starks representam os deuses

starks

Em Westeros, o Deus de Sete Faces, também chamado de Os Sete, é a religião mais popular. Já há algum tempo, alguns fãs acreditam que cada face do Deus está conectada a cada um dos sete Starks. Mas, como será visto nessa explicação, outra fã criou uma nova teoria em que cada Stark está ligado aos sete devido aos seus destinos, só que os destinos são “reversos” às suas Faces correspondentes. Calma, a gente explica.

Entre os pais da família Stark, Ned é o Deus Pai, que representa a justiça. Ned é literalmente o pai dos Starks, além de ser senhor de Winterfell. Seu destino é justamente a inversão da justiça, sendo que ele foi traído e decapitado como traidor. Já Catelyn é a Mãe, representando fertilidade, compaixão e nascimento. Ela é uma mãe protetora, sempre focada em não deixar seus filhos se machucarem. Seu destino foi perder um por um de seus filhos até chegar ao ápice de ver o mais velho ser assassinado no próprio casamento.

Já entre os filhos, Robb é o Guerreiro, que representa força e coragem na batalha. Como Protetor do Norte, ele priorizava vitórias em batalhas e acreditava na força de seus soldados, além de valorizar a união de seus aliados. Tamanha confiança nos outros foi seu fim, pois ele morreu devido a uma traição de um suposto aliado.

robb01

Bran seria o Ancião, representando a sabedoria e a presciência. Seu treinamento de visão verde faz dele o mais sábio dentre os Starks, sempre em busca de conhecimento de coisas que talvez não seja capaz de compreender. Caso a teoria seja comprovada, ele não será capaz de concluir seu treinamento e poderá ser traído por alguém próximo a ele. Rickon é o Ferreiro, que representa a criação e o artesanato. Nesse ponto, a teoria fica estranha, apesar de algumas afirmações verossímeis acima. Não se sabe muito sobre Rickon, pois ele não aparece muito na série e nem nos livros. Como o representante do Ferreiro, ele deveria crescer e reconstruir Winterfell, mas seu destino não seria esse: não haveria mais casa alguma para ele reconstruir pois os Outros iriam alcançá-la. Uma vez que Rickon foi oferecido como dote para Ramsay Bolton nos últimos episódios, seu futuro está nebuloso. É provável que ele nunca volte a Winterfell para reconstruí-la.

Já entre as filhas, Sansa Stark é a Dama, representando inocência, amor e beleza. Sansa começa sua história com uma mentalidade romântica e sonhadora, dentro do estereótipo de “princesa”, sendo muitas vezes chamadas pela fanbase de “Sonsa”. Após ser usada em vários casamentos devido ao fato de ser uma Stark, seu destino é até mesmo esquecer do amor romântico, a ponto de amadurecer profundamente, mesmo que de forma triste. Duvidamos que alguém ainda ache que ela é sonsa após passar por tanto sofrimento…

sansa02

Já Arya é o Estranho, que representa a morte e o desconhecido. O Estranho é o Deus dos excluídos. Desde o início, Arya sempre foi a segregada da família, por sua indiferença aos papeis atribuídos às mulheres e por sua vontade de batalhar. Enquanto ela treina para virar uma Sem Rosto, passa por inúmeras dificuldades, pois não quer se desvincular de sua família. Dentre tantas coisas que ela perdeu, ela ainda espera que eles estejam vivos. Seu destino, caso a teoria seja confirmada, seria não completar seu treinamento e não matar as pessoas em sua lista, não concretizando assim seus desejos mais profundos de vingança.

E, finalmente, Jon Snow é a personificação de todos os Sete Deuses Unidos. Snow é ligado a todos os outros de certa forma, o que faz dele a união dessas divindades, tornando-o essencial para a continuidade da história. Inclusive, com o renascimento de Jon, muitas outras teorias desse post poderão ser confirmadas.

3) Bran enlouqueceu o Rei Louco

bran02

Se você já achava que o Bran só fazia besteira desde o ocorrido na torre, lá no primeiro episódio da série, prepare-se: a coisa só tende a piorar. Existe uma teoria maluca, porém coerente, que coloca Bran como um dos principais motivos para que o mundo de Game of Thrones esteja como está agora.

Tudo se baseia no fato de que Bran, conforme temos visto na série, consegue ter visões que o levam ao passado e é capaz até mesmo de interagir com elas (no terceiro episódio, ele chamou por seu pai e este o ouviu). Isso gera a possibilidade de que Bran possa voltar bastante no tempo e interferir em momentos-chave da história de Westeros.

E um desses momentos foi o enlouquecimento do Rei Louco, Aerys II.

Para isso, precisamos voltar ao Desafio de Valdocaso, que ocorreu quando Aerys II era o rei e Tywin Lannister era sua Mão. Lorde Denys, o senhor de Valdocaso, pediu privilégios para sua vila, o que fez com que Aerys e sua guarda fossem até lá para prendê-lo e executá-lo. O que aconteceu foi uma surpresa: Aerys foi capturado por Lorde Denys e permaneceu encarcerado em seu castelo por um longo tempo, até ser resgatado por Sor Barristan Selmy. Depois desse episódio, Aerys ficou louco e nunca mais deixou a Fortaleza Vermelha.

barristan01

Imagine que, enquanto Aerys estava aprisionado, Bran tenha entrado em contato de alguma forma com o rei. Impossibilitado de entender as frequentes visões e estando sem contato com outras pessoas, o monarca fica à beira da loucura e sucumbe à insanidade.

Se essa teoria for comprovada, Bran pode ter sido o gatilho que iniciou todos os problemas que surgiram na série.

4) Cersei vai matar Tommen para herdar o trono

cersei01

Preparem-se, fãs dos Lannister! O mundo de vocês nunca mais será o mesmo. Ok, preparados? Já sentaram? Tomaram um copo de água com açúcar? Tudo bem, vamos lá.

Alguns fãs começaram a se perguntar o que aconteceria se Tommen Baratheon morresse. Quem herdaria o trono? Pela regra, seria sua irmã Myrcella, mas ela morreu envenenada na temporada passada. O próximo na lista seria Stannis, que, olha só, morreu também. Depois dele, seria sua filha Shireen – que Stannis fez o favor de matar incinerada.

Aqui, as coisas ficam complicadas. Não há mais herdeiros entre os Baratheon (a não ser os bastardos de Robert, que não contam). Então, como achar o legítimo herdeiro do trono? Bem, se pesquisarmos a árvore genealógica dos Baratheon, veremos que há uma ramificação que sobreviveu, gerada pelo tatatataravô de Robert, Corwen Baratheon. Ele teve seis filhos e uma das mulheres, Elyanna, casou com Mathin Lannister e teve um filho chamado Jason. Os irmãos de Elyanna ou morreram sem filhos ou têm menos direito ao trono do que ela, portanto sua linhagem é a que vale.

Pois bem. Pela linhagem dos Lannister, Jason teve um filho chamado Demon, que teve um filho chamado Gerold, que teve um filho chamado Tytos, que teve um filho chamado Tywin. Tywin teve três filhos: Jamie, Cersei e Tyrion. Jamie se juntou à Guarda Real, de modo que não pode assumir o trono devido a seu juramento. Tyrion é acusado de matar um rei (Joffrey) e fugiu de Westeros para não ser executado. Sobra então… Cersei.

cersei02

Portanto, a única coisa no caminho de Cersei Lannister se tornar herdeira legítima do trono é seu filho caçula, Tommen, o atual rei. E nós sabemos que, em sua juventude, Cersei se consultou com uma vidente de Lannisporto que disse a ela que seus três filhos morreriam. Portanto, o destino de Tommen está traçado. Resta saber: será que Cersei vai matar seu próprio rebento para subir ao poder?

5) Hodor é um cavalo

hodor02

Uma das teorias bastante comentadas (principalmente após o segundo episódio da 6ª temporada) é a que aponta que o nosso querido grandalhão monossilábico poder ser, pasmem, um cavalo! A teoria começou após a visão de Bran que mostra um Hodor jovem, falante e com o nome de Wylis. Sabemos, portanto, que Hodor passou por algum trauma que lhe tirou a capacidade de falar direito.

Segundo a teoria, Wylis seria um warg assim como Bran, capaz de entrar em animais. Como Hodor vivia num estábulo, o animal mais próximo para ele “trocar peles” seria um cavalo, mais precisamente o de Lyanna Stark, para poder passar mais tempo com ela, já que ele era levemente apaixonado pela garota. O nome do cavalo talvez fosse Hodor.

hodor3

Provavelmente, Wylis passou tempo demais na pele do cavalo, sendo incapaz de voltar completamente e/ou misturando-se ao animal de alguma forma. Isso explica muitas coisas. Por exemplo: o fato de ele só repetir o próprio nome (sinalizando a capacidade dos animais de associar a si mesmos com a palavra pela qual são chamados), o fato de se sentir confortável em carregar Bran nas costas e o fato de ter medo de trovões e tempestades, como cavalos geralmente têm.

E aí, será que Hodor é um cavalo preso no corpo de um homem?

6) Tyrion é um Targaryen

tyrion01

Uma das teorias mais famosas é a de que o anão seria secretamente da casa Targaryen. Essa teoria tem base em algumas pistas dadas nos livros.

Oficialmente, Tyrion é filho de Tywin com sua prima Joanna (afinal, incesto corre nas veias dessa família). Porém, segundo uma história que Barristan Selmy conta a Daenerys nos livros, Joanna estava muito bêbada para consumar o casamento no dia do matrimônio. Alguns acham que Aerys, o Rei Louco, usou a antiga regra de o lorde possuir o direito de desvirginar a noiva nesse dia. E que manteve um caso com Joanna por anos. Tyrion seria o fruto desse affair.

Não é claro se Tywin sabia ou não do caso. Alguns dizem que ele sabia e apenas não matou Tyrion por não conseguir eliminar um filho de Joanna (a quem ele realmente amava). Em Uma Tormenta de Espadas, Tywin diz a Tyrion: “As leis dos homens te dão o direito de usar meu nome e vestir minhas cores, já que não posso provar que você não é meu”. Além disso, Tyrion ser filho de Aerys é algo que explicaria o ódio de Tywin por ele.

No episódio Home, terceiro da sexta temporada, vemos Tyrion conseguindo acalmar os dragões enquanto desce ao calabouço para libertá-los. É a primeira vez que alguém na série consegue dominar os bichos além de Daenerys.

tyrion02

Se confirmada, essa teoria corrobora a profecia de que Daenerys irá conquistar Westeros em “um dragão com três cabeças”. As outras duas seriam Jon e Tyrion. Durante sua visita à Casa dos Imortais no segundo livro, A Fúria dos Reis, Dany vê seu irmão Rhaegar Targaryen e Elia Martell com seu filho recém-nascido, Aegon. Rhaegar diz que o bebê “é o príncipe que foi prometido, e é sua a canção de gelo e fogo”, e também que “terá de haver mais um. O dragão tem três cabeças”.

7) Azor Ahai é Daenerys ou Jon Snow

melisandre02

Os seguidores de Rh’llor, o Deus Vermelho, como os sacerdotes Thoros de Myr e Melisandre (Mulher Vermelha, para os temerosos), veneram o herói que, literalmente, bateu de frente contra os Caminhantes Brancos e seu exército durante um longo inverno que durou gerações, conhecido apenas como A Longa Noite. Esse camarada é o Azor Ahai.

Grosso modo, Azor Ahai foi aquele que conseguiu salvar o mundo das trevas do inverno há milhares de anos. Após dias e noites de trabalho e o doloroso sacrifício da sua esposa, Nissa Nissa, o “príncipe prometido” (outro nome atribuído à sua figura) forjou a espada Luminífera, tão quente e iluminada que sua lâmina parecia feita de chamas – perfeita para enfrentar grandões de gelo. Com a ajuda da Patrulha da Noite e os Filhos da Floresta, os Caminhantes Brancos foram enxotados de volta para suas terras pelo Azor Ahai. É daí que surge a Muralha, construída para garantir que as criaturas permaneçam do outro lado.

Inclusive, é aí que a lenda se cruza com o atual desenrolar dos fatos, pois os sacerdotes do Deus Vermelho profetizam a volta de Azor Ahai. Em um dos seus trechos, a profecia diz: “quando sangra estrela vermelha e as trevas se reúnem, Azor Ahai deve nascer de novo em meio a fumaça e sal para acordar os dragões de pedra”.

melisandre01

Porém, ser o tal salvador não é para qualquer um. Para tanto, o indivíduo precisa atender certos requisitos, de acordo, é claro, com a tal profecia. E adivinhe quem são os principais cotados? Pois é: Jon Snow, filho bastardo do finado Eddard Stark (ou não…), e Daenerys Targaryen, Nascida na Tormenta, A Não Queimada, Mãe dos Dragões, Quebradora de Correntes etc. etc. etc.

E a questão que está deixando todos os fãs em parafuso é que, analisando com calma e friamente, tanto Jon quanto Daenerys atendem aos requisitos. Por exemplo, “ser do sangue do dragão”: Daenerys é filha de Aerys II e Rhaella Targaryen, portanto uma descendente “pura” da linhagem do dragão. Já Jon provavelmente é um Targaryen, conforme dá pra ver na primeira teoria.

Sobre ser “nascido da fumaça e do sal”, Daenerys nasceu na ilha Pedra do Dragão, ou seja, rodeada de água salgada, e depois renasceu da pira de Khal Drogo, que representaria a fumaça. Por enquanto, não sabemos muito sobre o nascimento de Jon, mas, em seu renascimento, o sal seriam as lágrimas dos patrulheiros e a fumaça seria a do fogo utilizado por Melisandre no ritual de ressureição.

jon03

Sobre ser “nascido sob uma estrela sangrenta”, bem, o cometa vermelho ainda cruzava o céu quando Dany renasceu da pira de Drogo. Para Jon, não há nada relacionado na história ainda.

Sobre Azor Ahai ser quem “acordará os dragões de pedra”, Dany dispensa comentários e, sobre Jon, ainda é incerto. specula-se que ele tenha alguma ligação com os dragões de Daenerys ou que vá cruzar com alguma espécie de dragão de gelo na Muralha. Porém, é uma especulação bem turva.

Por fim, o novo príncipe “tirará Luminífera das chamas”. Os que defendem a teoria colocam que a Luminífera é, na verdade, uma metáfora. Dessa forma, cada um tem sua “arma especial” que se encaixa nos quesitos letalidade, excepcionalidade e afins. Para Daenerys, seus dragões, nascidos na pira de seu marido Khal Drogo, seriam sua Luminífera. Para Jon, seria a espada que ganhou do Lorde Comandante Mormont, a Garra Longa, uma das poucas em Westeros feitas com aço valiriano.

daenerys01

Como estamos falando de Game of Thrones, tanto o autor George R. R. Martin quanto os produtores David Benioff e Daniel Weiss podem passar a perna em todos nós. Talvez nenhum dos dois seja, de fato, o Azor Ahai. Talvez essa história de Azor Ahai nem role. Talvez os dois sejam. E pode ser que, na tal lenda do “dragão de três cabeças”, um deles seja Azor Ahai junto com dois auxiliares. Vamos esperar para ver…

8) Melisandre é uma Targaryen?

melisandre03

Seguindo o vácuo da lenda sobre Azor Ahai, temos especulações a respeito das verdadeiras origens da misteriosa Melisandre que reforçam Jon Snow como sendo o “escolhido”. Para entender onde ela entra nessa história, é necessário, a princípio, resgatar pelo menos uma parte da grande profecia, passada por gerações pelos seguidores de Rh’llor, que diz: “quando sangra estrela vermelha e as trevas se reúnem, Azor Ahai deve nascer de novo em meio a fumaça e sal (…)”.

Com as revelações do primeiro episódio da sexta temporada, sabemos que a sacerdotisa é, de fato, centenária. Ao tirar seu colar, vimos sua verdadeira forma: uma senhora mirrada, enrugada e com cabelos bem ralos e brancos (até demais…seriam platinados, como os dos Targaryen?).

Agora vem a sacada de mestre: como a sacerdotisa realmente parece ter mais de cem anos, é muito possível que ela seja a filha perdida do casal de bastardos Shiera Seastar e Bloodraven, ambos filhos do rei Aegon IV (sim, incesto rolava até entre bastardos). Outro fator muito citado por aqueles que defendem a teoria é a semelhança entre as descrições de Shiera, apresentada em obras paralelas de Martin às Crônicas de Gelo e Fogo, e Melisandre, segundo o Meistre Cressen, em A Tormenta das Espadas.

melisandre04

Faria sentido se Melisandre fosse a “estrela vermelha” que, eventualmente, sangraria pela ressureição do Azor Ahai. Se levarmos em consideração que ela é uma Targaryen, assim como talvez Jon seja, e que sua mãe traz o nome SeaSTAR, as peças parecem se encaixar confortavelmente. Após tantos séculos no poder, estariam os Targaryen voltando a dominar Westeros? Só o tempo dirá.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s