Logo ME

Por que os espelhos retrovisores dos carros produzem reflexos diferentes?

640px-Retrovisor

Por causa de sua curvatura. Por serem curvos, os retrovisores dos carros dão ao motorista um campo de visão maior que o espelho comum. Isso acontece porque o tamanho do reflexo de um espelho é determinado por sua curvatura. Apesar de parecerem planos, os retrovisores de carros têm o que os físicos chamam de “formato esférico convexo”. É só imaginar que eles são um pedaço pequeno de um círculo muito grande. “Em relação ao espelho plano, o espelho convexo forma imagens menores que o objeto original, mas aumenta a região observada”, diz o físico João José Caluzi, da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Bauru (SP). A invenção desse artefato indispensável a qualquer carro é creditada à francesa Davy de Cussé. Em 1897 – um tempo em que os carros mal passavam de 40 km/h -, ela resolveu colocar um espelho na parte da frente do carro para ver quem estava vindo atrás. O espelho da moça, porém, era plano e tinha um reflexo igual ao produzido por aquele do banheiro de sua casa. Os espelhos convexos só chegaram aos automóveis quase um século depois, em 1970. O uso desse tipo de espelho foi uma determinação de segurança do governo americano. Rapidamente, essa moda do bem foi adotada em todos os países do mundo.

LEIA MAIS

– Como será o carro do futuro?

– Como funciona o carro elétrico?

Visão além do alcance Retrovisores são curvos e produzem um reflexo bem maior que os espelhos comuns

ESPELHO COMUM

No espelho comum — o plano —, a distância do reflexo do objeto é a mesma que o objeto real se encontra do espelho. Como os raios de luz voltam em mesmo ângulo, eles atingem os olhos da mesma forma que atingiriam caso fossem refletidos pelo próprio objeto

ESPELHO RETROVISOR

Nos espelhos retrovisores – curvados de forma convexa, como você vê no desenho – o objeto refletido aparece mais perto que o objeto real. Isso deixa as coisas menores, mas o campo de visão aumenta. No trânsito de hoje, essa é uma grande vantagem