Logo ME

Como foi criado o design de Dru, de “Meu Malvado Favorito 3”?

Conheça os segredos por trás do design dos novos personagens de "Meu Malvado Favorito 3", que estreia hoje (29/6)

MÁ INFLUÊNCIA
No primeiro filme, o ex-vilão Gru ganhou filhas adotivas. No segundo, uma namorada. Em Meu Malvado Favorito 3, que estreia hoje (29/6), sua família continua a crescer: ele conhece seu gêmeo perdido, Dru. À primeira vista, os dois não têm muito em comum: Dru é bem-humorado, otimista, empolgado. Mas ele também é um fora-da-lei, e tenta fazer o irmão voltar aos tempos de bandidagem.

DESAFIO CABELUDO
Comparando os dois, parece que foi bem fácil criar o visual de Dru. Afinal, ele é quase um clone do protagonista da trilogia. Mas esse cabelo deu um trabalhão: primeiro, definir um penteado que representasse sua personalidade alegre. Depois, descobrir como aplica-lo. “Como podemos criar cabelo numa pessoa que nem tem testa?”, explicou o codiretor Eric Guillon.

 

 

 

SOTAQUE? QUE SOTAQUE?
A dublagem de Dru também foi complexa. “[Dru e Gru] precisavam de sotaques quase semelhantes, mas distintos o suficiente para indicar que eles cresceram em lugares diferentes”, explicou o comediante Steve Carrell, responsável pela voz de ambos os personagens  nos EUA. “Gru não é de nenhum país específico, então considerei como se Dru fosse de dois países mais pra baixo”.

 

(Divulgação/Mundo Estranho)

WHO’S BAD?
O verdadeiro vilão da trama, porém, é Balthazar Bratt, uma ex-estrela mirim dos anos 80. Então seu look e seus apetrechos são todos baseado naquela década. Isso significa, por exemplo, muitas ombreiras, cores neon, cubos mágicos explosivos, ataques com ioiô e movimentos inspirados em Michael Jackson. Já estamos prevendo um duelo de dança entre os personagens durante os créditos.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!