Logo ME

9 segredos que os comissários de bordo não contam

Sob a condição de anonimato, profissionais de várias áreas revelaram à MUNDO ESTRANHO o que não contam aos clientes. Agora é a vez dos comissários

(Estevan Silveira/Mundo Estranho)

 

1) “O aviso de cinto de segurança não é brincadeira”
Se o sinal acendeu, leve a sério. Comissárias já viram passageiros sofrerem ossos quebrados, amputações e até traumatismo craniano durante um instante de perda de altitude, por não estarem presos ao assento. Ficar de pé logo após o pouso, enquanto o avião ainda está taxiando, também pode render um braço ou dentes quebrados, caso role uma parada brusca.

2) “Não vista sua melhor roupa”
Você nunca conhecerá o passado do seu assento. Talvez ele já tenha sido emporcalhado com vômito, saliva, suor e outras excreções corporais (sim, acidentes acontecem!). Viaje com uma roupa simples e, quando chegar ao seu destino, jogue-a direto na máquina de lavar e tome um belo banho.

3) “Evite refris e comidas que causem gases”
Quando o avião sobe, a pressão da cabine diminui. Os gases se expandem no organismo, gerando desconforto (tem gente que pensa que está enfartando!). Agora imagine todos os passageiros eliminando gases de uma vez só… Pelo seu bem-estar e dos outros passageiros: não consuma esse tipo de alimento.

 

Veja também

 

4) “Comida de avião engorda”
Congelados, os pratos vão para o avião até meses após serem preparados. Para não ficarem muito ressecados ao serem esquentados, algumas empresas de catering adicionam uma camada de manteiga e gordura sobre a comida. As frutas recebem um spray de açúcar para ficarem mais suculentas, pois nossas papilas gustativas não funcionam tão bem com a pressurização.

5) “Leve álcool gel para as mesinhas”
Ainda no quesito higiene: se a sua mesa, em casa, já é naturalmente um antro de micróbios, imagine a do avião! Nossa comissária consultora nos contou que as pessoas babam, passam mal, espirram e colam caca de nariz enquanto comem (sim!). Com um simples álcool gel, você pode evitar essas e outras nojeiras.

6) “Jamais ande descalço”
A equipe de faxina limpa o avião entre um voo e outro. Mas, na busca pela maximização de lucros, as empresas aéreas têm se organizado para que esse intervalo seja cada vez menor. Na pressa, o que dá pra fazer é passar um paninho nas mesinhas e uma aspirada no carpete. Um chão vomitado, por exemplo, dificilmente será desinfetado. No banheiro, é pior. Uma comissária com quem conversamos contou que já viu passageiros com diarreias inacreditáveis…

 

 

7) “A gente capricha no ar condicionado de propósito”
Quanto maior for a temperatura, mais agitados ficam os passageiros. Isso sem falar nos riscos de desmaio e queda de pressão. Já um ambiente frio garante um voo mais tranquilo. Mas leve seu próprio agasalho! Cobertores são lavados, mas são reutilizados, então os mais nojentinhos vão sofrer com fios de cabelo e manchas.

8) “Nossa refeição e acomodação são melhores que as suas”
Afinal, eles estão trabalhando e, muitas vezes, emendam vários voos seguidos. Então, têm algumas vantagens.A comida é feita pela mesma empresa de catering, mas é diferente. Eles contam também com um compartimento de descanso para voos longos, bem mais confortável que os assentos comuns.

9) “Não beba café ou chá a bordo
A água usada para preparar essas bebidas é potável, mas fica em tanques que raramente são higienizados. Bem raramente. Para piorar, chá e café são diuréticos, ou seja, estimulam a urinação. Portanto, contribuem para a desidratação, que já é maior que o normal por causa da pressurização e do ar seco.

 

FONTES Revistas Pesquisa FapespReader’s Digest e Time; sites CBS News,Daily Mail, Elsevier, EurekAlert!Folha de S.PauloHarvard UniversityiGNYMAGPacific StandardPhysician Health ProgramSurgeryUniversity of British ColumbiaUSA TodayUSP Wired

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!