Logo ME

É errado chamar médico e advogado de “doutor”?

Tudo começou com uma tradição do século 19

ILUSTRA Tiago Lacerda
EDIÇÃO Bruno Lazaretti

Não. Mas também não é correto. Segundo os dicionários modernos, você pode chamar de “doutor” qualquer um que tenha concluído um doutorado, seja a pessoa formada em agronomia, seja em zootecnia. O costume de chamar advogado e médico de “doutor“, mesmo aqueles sem doutorado, vem do Brasil colônia, pois na época a maioria dos jovens ricos que estudavam fora cursava medicina ou direito. Além disso, em 1827, dom Pedro 1º decretou que aquele que concluísse os cursos de ciências jurídicas e sociais no Brasil deveria ser tratado como “doutor“. O decreto caiu em desuso com o tempo, e hoje vale a regra do dicionário. Já os médicos continuam sendo chamados assim por tradição – reforçada por boa parte da própria classe médica, que usa o termo em cartões de visita, placas de identificação e perfis nas redes sociais, por exemplo.

Patentes acadêmicas
Entenda o significado de alguns títulos

Bacharel
No Brasil, o bacharelado é concedido a quem concluiu o ensino superior e é válido na maior parte dos cursos de graduação, como engenharia, letras, direito, economia, medicina e comunicação, entre outros. Bacharéis podem praticar a profissão, mas não lecionar sua disciplina na academia

Licenciatura
É outra forma de concluir a graduação, mas essa capacita o estudante a trabalhar como professor na academia. Embora um licenciado já possa dar aulas em curso superior, é improvável que ele seja contratado por uma universidade sem dar sequência à carreira acadêmica, com cursos de mestrado, doutorado e pós-doutorado

Mestrado
No Brasil, é um curso de pós-graduação que possui entre dois e cinco anos de duração e que concede o título de mestre. No final do curso, o mestrando deve apresentar uma tese de dissertação a respeito de um tema de sua escolha e defendê-la diante de uma banca composta de professores doutores da universidade

Doutorado
Assim como o mestrado, capacita o acadêmico a desenvolver estudos e pesquisas mais abrangentes sobre o campo científico que escolheu em sua graduação. Os critérios para entrar e concluir o doutorado costumam ser mais exigentes do que os do mestrado

Ph.D.
O termo tem origem do latim Philosophiae Doctor, ou “doutor em filosofia”. Mas essa nomenclatura é mais comum nas universidades anglossaxônicas, já que no Brasil o título é equivalente ao de doutor. Os requisitos variam em cada país, mas, de qualquer jeito, é necessário ter um excelente currículo acadêmico e um histórico de publicações em revistas científicas

MBA
“Master in Business Administration”, ou “mestre em administração de negócios”, é um curso de especialização em administração de empresas. Diferentemente das outras pós-graduações, o MBA pode ser feito por estudantes graduados em qualquer área

LEIA TAMBÉM:
+ Guia de profissões do GUIA DO ESTUDANTE 
+ Por que médicos têm letra ruim? 
+ Os 7 erros que os seriados médicos mais cometem 
+ O que é perjúrio?

FONTE Ordem dos Advogados do Brasil

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Amanda Londero Dos Santos

    Tá errada essa definição de licenciatura.

    Curtir

  2. Rodrigo de Oliveira Leite

    Mas e os tecnólogos??

    Curtir

  3. Kédson Nascimento Maciel

    Essa história de decreto imperial você é muito usual como justificativa advogados e médicos para usar o título, mas a maioria dos historiadores não vê como legítima. E mesmo que assim o fosse nenhuma lei republicana vale para a república, então o argumento não faz nenhum sentido. A revista não deveria repassar tal informação, nem fomenta-la, a não ser com profundidade e demostração do tal decreto. Doutor é quem faz doutorado simples assim! O que eu quero saber é qual a forma de tratamento para os tais…. É jurista, bacharel, médico, senhor ou o que?

    Curtir

  4. O certo é dotô!

    Curtir

  5. Osman Andrade

    Isso faz parecer que foi que ​nós inventamos mas nos EUA também ae cjama médico de Doctor

    Curtir

  6. GLAUCIA DAVILA OSTASZEWSKI

    Esta matéria está equivocada. O bacharel de direito não pode exercer,a profissão como o advogado. Não pode atuar em audiências nem assinar peças processuais. Quanto a ser chamado de doutor, isto ocorre por forca de lei. Porem, é bom lembrar que nós, advogados, defendemos teses diariamente no interesse de nossos clientes. Não somos mero repetidores de leis. Por isso o titulo, ainda que possa parecer arrogância aos demais profissionais, é sim cabível.

    Curtir

  7. João Batista Albuquerque Neto

    o bacharel em direito não pode exercer todas as atividades ligadas a essa formação. o título de dr direcionado aos advogados é decorrente do decreto e não entrou em desuso visto que em todos os fóruns do brasil os advogados são tratados por “doutores”, ainda que a constituição seja posterior ao decreto, a lei anterior não deixa de ser aplicada salvo se for contrária ao texto da carta magna atual. a matéria infelizmente está equivocada

    Curtir