Logo ME

É possível morrer de rir?

MUNDOESTRANHO-140-47_b-PER

Sim. Gargalhadas intensas podem ser gatilhos para que condições preexistentes evoluam, causando a morte. Um caso famoso (dentre vários relatados desde o século 5 a.C.) é o do britânico Alex Mitchell, que morreu em 1975 assistindo pela TV o programa de humor The Goodies. No caso de insuficiência respiratória ou em quadros de crise de asma, acessos de riso, assim como os de tosse, alteram a dinâmica da respiração, prejudicando a oxigenação do sangue, que pode ser fatal. O aumento da pressão no tórax, também causado por riso intenso, pode diminuir a circulação de sangue e matar quem tem insuficiência cardíaca. Se a pressão aumentar no abdome, pode agravar hérnias do esôfago ou outras da parede abdominal. Por fim, no crânio, pode haver rompimento de algum aneurisma instalado em vasos sanguíneos, causando um acidente vascular cerebral.

Para algumas pessoas, uma risada descontrolada pode ser um sintoma associado a início de infarto

Consultoria Paulo Ollzon, cliníco-geral da Unifesp