Logo ME

Por que irlandeses e ingleses comemoram o Dia de São Patrício?

Comemorações surgiram com os imigrantes irlandeses nos EUA no século 20 e depois se espalharam pelo mundo

Porque ele é o padroeiro da Irlanda. A data, 17 de março, foi escolhida por ser o aniversário de morte do santo, que viveu entre os anos 387 e 461. Patrício, filho de nobres britânicos, foi sequestrado por piratas aos 16 anos e vendido como escravo na Irlanda. No cativeiro, onde permaneceu por seis anos, ouviu um chamado de Deus, converteu-se à fé cristã e assumiu a missão de levar a palavra divina ao povo que o escravizara. Por duas vezes, Patrício tentou fugir, sem sucesso. Na terceira, voltou para a Grã-Bretanha. Na Gália, atual França, virou religioso. Consagrado bispo pelo papa Celestino 1o, viajou para a Irlanda no ano de 432 e, em três décadas, converteu o país inteiro.

HAJA CORANTE!
Por que tudo é decorado de verde nesse dia? Em parte por remeter aos prados e campinas da Irlanda, que têm “40 tons de verde”, como os irlandeses se orgulham de dizer. E também porque o trevo de três folhas é um dos símbolos de São Patrício – ele usava a planta para tentar explicar o mistério da Santíssima Trindade

GLOBALIZADOS
O Dia de São Patrício é festejado não só na Irlanda mas em países com um grande número de imigrantes, como Canadá, Inglaterra e EUA. Na verdade, as comemorações com festas na rua e cerveja verde surgiram com os imigrantes irlandeses nos EUA, no século 20, e depois se espalharam pelo mundo. O Dia de São Patrício inclui animados desfiles, shows de música folclórica e recitações de poesia no idioma gaélico

HORA DO RANGO
A Irlanda tem muitos pratos típicos e a maioria é à base de carne, legumes e batatas. O mais famoso, e o mais popular neste dia, é o corned beef & cabbage (um corte de carne bovina preservado em salmoura e cozido em ensopado de repolho). Também fazem sucesso doces com doses generosas de corante verde, como cookies, tortas e bolos. Ah, e no dia da festa o consumo mundial da cerveja Guinness (típica da Irlanda) chega a triplicar, indo para 13 milhões de litros

EU VI DUENDES
Os foliões irlandeses gostam de se fantasiar de leprechaun, uma figura do folclore irlandês que, semelhante a um duende, guarda um pote de ouro no fim do arco-íris. Reza a lenda que, se for capturado, o leprechaun deve conceder a quem o capturou três desejos. Além disso, a criatura ostenta na roupa o trevo de três folhas

CONSULTORIA Janice McGann, chefe adjunta da missão da Embaixada da Irlanda no Brasil, em Brasília
FONTES Consulado-Geral da Irlanda em São Paulo e O Livro dos Santos, de Rogério de Campos

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!