Logo ME

Para onde vão as cartas enviadas para o Papai Noel?

Há mais de 20 anos, a campanha Papai Noel dos Correios mobiliza voluntários para responder as cartas e atender aos pedidos de presente das criança

Carta Papai Noel

ILUSTRA Pablo Mayer

PERGUNTA Junior Navroski, Prudentópolis, SP

Que Finlândia, que nada! As cartinhas enviadas por crianças brasileiras parao bom velhinho ficam aqui no país mesmo. Há mais de 20 anos, a campanha Papai Noel dos Correios mobiliza voluntários para responder as cartas e atender aos pedidos de presente das crianças. Entre 2010 e 2013, brasileiros enviaram mais de 2 milhões de correspondências desse tipo e 71% delas foram atendidas

QUERIDO NOEL…

Para ser aceita, a cartinha deve ter sido escrita à mão por uma criança de até 10 anos e postada até dezembro (veja a data precisa em bit.ly/datanoel). Os pedidos também podem vir de parceiros dos Correios, como escolas, creches e abrigos. A prioridade é para quem se encontra em condições socioeconômicas menos favorecidas

ATENDENDO A PEDIDOS

Os Correios fazem a intermediação entre os remetentes e os padrinhos que querem adotar as cartas. As mensagens passam por uma triagem e ficam à disposição do público nas agências. As correspondências que não são aceitas – de crianças maiores de 10 anos, por exemplo – são recicladas

FELIZ NATAL

Qualquer pessoa pode se passar pelo bom velhinho (veja abaixo) e, geralmente, os pedidos que as crianças fazem são simples, como brinquedos baratos, material escolar e roupas. Empresas e órgãos públicos também podem fazer a alegria da criançada no Natal

SAIBA COMO PARTICIPAR

Quem quiser adotar cartas enviadas ao Papai Noel deve ir até uma agência dos Correios, escolher uma mensagem e levar o presente pedido pela criança até um endereço informado pela agência -o carteiro faz a entrega. Se preferir ser voluntário na triagem, leitura e resposta das correspondências, é só procurar a diretoria regional dos Correios da sua cidade

CONSULTORIA Assessoria de Imprensa dos Correios