Logo ME

A ascensão e queda do conquistador Átila, o Huno

O líder nômade que atacou o Império Romano no século 5 e conquistou boa parte da Europa e da Ásia

(Diego Sanches/Mundo Estranho)

1) Os hunos eram uma confederação de tribos baseadas na Ásia Central. As planícies e estepes do território facilitavam muito a locomoção e influenciaram diretamente a característica nômade desse povo. Devido à localização geográfica do grupo, acredita-se que Átila (?-453) teria baixa estatura, com ombros largos e feições orientais.

2) Comandando o exército, Átila liderou a expansão dos hunos ao Ocidente, chegando à Gália (atual área central da França). As tropas usavam arqueiros montados e faziam ataques-relâmpago. Ferozes e impiedosas, as invasões eram verdadeiras carnificinas, e Átila acabou sendo apelidado de “flagelo de Deus”.

3) Com a morte do rei Rua no ano de 434, seus sobrinhos, Bleda e Átila, ficaram com o controle das tribos hunas. Os irmãos negociaram uma trégua com o Império Romano do Oriente, comprometendo-se a não invadir seu território desde que os romanos pagassem impostos. A missão ajudou a consolidar o poder da dupla.

 

 

4) Os hunos quebraram a trégua voltando a atacar o império em 440. Depois de uma série de vitórias dentro de território romano, eles invadiram a cidade de Gallipoli, próxima à capital romana oriental, Constantinopla. Átila virou o único líder por volta de 445, com a morte de Bleda durante essa batalha.

5) Ao atacar a cidade de Chalôns, no Império Romano do Ocidente, os hunos enfrentaram o general romano Flávio Aécio, que passou a sua juventude entre os hunos. Com uma força composta de diversas civilizações, como os góticos, os celtas e os visigodos, os romanos impuseram a primeira derrota às tropas de Átila, que bateram em retirada.

6) Em uma manobra ousada, Átila devastou o norte da Itália e atacou o Império Romano do Ocidente utilizando armas de cerco, como aríetes e torres. Os gastos aumentaram, a campanha se tornou um prejuízo e os hunos recuaram. Em 453, enquanto planejava uma nova investida contra o Império Romano do Oriente, Átila morreu.

 

 

7) Entre as muitas teorias sobre a morte de Átila, uma das mais populares diz que ele morreu durante um banquete. Teria sofrido uma hemorragia interna no esôfago por beber excessivamente. Outra hipótese, descrita pelo cronista romano Marcelino, conta que Íldico, sua esposa, assassinou Átila com uma adaga enquanto ele dormia.

 

QUE FIM LEVOU?

Não há registros de que Átila tenha deixado descendentes e sucessores. Sem um grande líder, o império huno perdeu força e se desintegrou.

 

FONTES Livros The End of Empire: Attila the Hun & the Fall of Rome, de Christopher Kelly, e Attila: The Barbarian King Who Challenged Rome, de John Man, revistas Time e Stew Magnuson, sites BBC e Wired

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!