Mundo Estranho

Como a Alemanha e o Japão se recuperaram tão rápido depois da Segunda Guerra?

por Roberto Navarro | Edição 70

Os dois países derrotados na Segunda Guerra (1939-1945) se reergueram graças a fatores econômicos, políticos e até culturais. Ao contrário do que muita gente pensa, as economias alemã e japonesa não ficaram completamente arrasadas após a guerra. Boa parte das fábricas, por exemplo, permaneceu de pé - e já eram indústrias modernas e bem desenvolvidas. Além de aproveitar essas instalações, os dois países contaram também com grande ajuda estrangeira para se reerguer. "Japão e Alemanha receberam polpudos auxílios das potências capitalistas vitoriosas, preocupadas em evitar o avanço do socialismo pela Europa e pela Ásia", afirma o historiador Anderson Batista de Melo, da Universidade de Brasília. Entre 1949 e 1952, a Alemanha Ocidental recebeu dos Estados Unidos quase 30 bilhões de dólares em valores atualizados. Boa parte dessa grana fazia parte do Plano Marshall, um programa patrocinado pelos Estados Unidos para reabilitar a economia da Europa após a guerra. Já o Japão recebeu um auxílio de 16 bilhões de dólares. Outro ponto importante na recuperação é que os dois países já tinham ótimos sistemas educacionais, capazes de formar técnicos e cientistas qualificados para ajudar as nações a se reerguerem após a derrota.

Ritmos diferentes Alemanha se reergueu mais rápido, mas foi ultrapassada pelo Japão

Evolução do PIB*

1946 - RECESSÃO BRUTAL

A derrota na Segunda Guerra nocauteia as economias alemã e japonesa: entre 1943 e 1946, o PIB do Japão cai 48% e o da Alemanha 65%. A partir do final dos anos 40, os dois começam a receber ajuda financeira, principalmente dos EUA

1950 - ARRANCADA ALEMÃ

A economia alemã cresce 85% entre 1946 e 1950! O Japão cresce "só" 45%. É que o apoio financeiro dos EUA aos alemães é quase o dobro. Culpa da Guerra Fria: a Alemanha Ocidental está cercada por países socialistas, rivais dos americanos

1970 - A ULTRAPASSAGEM

Entre 1960 e 1970, o crescimento alemão entra num ritmo de 5% ao ano, contra alucinantes 17% ao ano do Japão. É que a exportação de produtos inovadores e baratos leva a indústria japonesa a conquistar o mundo. Com isso, o PIB nipônico supera o alemão

1960 - O JAPÃO ACELERA

As duas nações seguem crescendo num ritmo forte, mas o Japão acelera mais graças a várias reformas econômicas que modernizam a economia. Entre 1950 e 1960, a Alemanha cresce cerca de 11% ao ano contra 13% do Japão

* O PIB (Produto Interno Produto) é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país. Dados calculados pelo valor atual em dólares. Fonte: pesquisas da economist intelligence unit (EIU)

Você também pode gostar de:

Fechar