Mundo Estranho

Como foi o assassinato de Abraham Lincoln?

por Beto Gomes | Edição 98

O presidente americano Abraham Lincoln (1809-1865) foi morto durante a apresentação de uma peça no Teatro Ford, em Washington, pelo ator John Wilkes Booth (1838-1865). Na noite de 14 de abril de 1865, Booth protagonizou a cena que o eternizou. Ele era um sulista inconformado com a derrota na guerra civil e fazia parte de uma conspiração que envolvia outras pessoas e outros alvos (veja o boxe). Booth fugiu por 12 dias, até ser morto na Virgínia.

Horas de suspense

Acompanhe os momentos dramáticos do crime que marcou os EUA

ABREM-SE AS CORTINAS

O presidente sobe ao camarote do Teatro Ford, meia hora após o começo da peça, com a esposa Mary (1818-1888), o major Henry Rathbone (1837-1911) e a noiva dele, Clara Harris (1845-1883)

PELA PORTA DA FRENTE

Booth chega ao teatro, aonde já tinha ido cinco vezes naquele dia a fim de sondar o local. Depois de entrar pela mesma porta usada pelo presidente, ele sobe ao piso de cima, onde está Lincoln

PASSE LIVRE

Diante do camarote, o ator tira um cartão pessoal e se identifica para um homem que ficava de guarda na porta. Após ser consultado, o presidente permite que ele entre no recinto

TIRO NA NUCA

Booth atravessa a antessala escura do camarote e encontra Lincoln e seus convidados concentrados na peça. Saca uma pistola Derringer calibre 44 e dispara um único tiro contra a nuca do presidente

FACADA NO BRAÇO

O major Rathbone tenta prender o intruso. Os dois começam uma briga violenta e o ator esfaqueia o militar, que fica ferido com um corte do ombro ao cotovelo

FUGA CINEMATOGRÁFICA

O assassino escapa de forma impressionante: pula para o palco de uma altura de 4 metros, grita "Sic semper tyrannis" ("Assim sempre com os tiranos", em latim) e sai pelos fundos, onde um cavalo o aguarda

LONGA MADRUGADA

Lincoln é socorrido por médicos que estavam na região e levado às pressas a uma casa do outro lado da rua. Mas a bala se alojara atrás do olho direito, e o presidente não resiste aos ferimentos

Fracasso de bilheteriaJohn Booth planejou uma ação simultânea contra várias autoridades, mas seus comparsas falharamLewis Powell Tinha a missão de matar o secretário de Estado William Seward (1801-1872). Na luta entre os dois, Powell foi dominado. Morreu na forca em 7 de julho, aos 21 anosGeorge Atzerodt Aos 30 anos, deveria matar o vice-presidente, Andrew Johnson, (1808-1875), mas ficou nervoso e nem tentou. Acabou enforcado com os comparsasDavid Herold Tinha 23 anos e estava com Lewis Powell durante a tentativa frustrada de matar o secretário Seward. Foi levado à forca no mesmo dia que o parceiroMary Surrat Proprietária de uma pensão em Washington, Mary guardou as armas dos conspiradores. Também foi enforcada no dia 7 de julho, aos 42 anosSamuel Arnold Participou dos planos iniciais, que previam apenas o sequestro de Lincoln, e por isso pegou prisão perpétua. Morreu na cadeia em 1906, com 68 anos

Você também pode gostar de:

Fechar