Mundo Estranho

Como funciona uma pickup de DJ?

por Fred Linardi | Edição 99

O equipamento básico de um disc jockey, mais conhecido como DJ, é composto de dois toca-discos e um mixer - aparelho que permite que duas músicas toquem sincronizadas. O trabalho do DJ é misturar os sons das músicas nas caixas de som, passando de uma para outra sem interromper o batidão e controlando a vibe da festa. Instrumento típico das pistas de dança, foi a pickup que tirou os DJs dos estúdios de gravação e de rádio para roubar a cena das discotecas na década de 1970. Com o crescimento da música eletrônica, os DJs fizeram a festa misturando estilos e pedaços de canções para criar composições próprias. Até os anos 80, a discotecagem era feita apenas com discos de vinil, mas hoje já dá para fazer barulho com CDs e até arquivos MP3.

Som nas máquinas

Montamos um deck com seis aparelhos indispensáveis para um DJ fazer ferver qualquer pista

CDJ

Nesse aparelho, o DJ toca CDs. Como faz com o vinil, ele pode rotacionar para frente e para trás rapidamente, mandando efeitos de scratch. Além de poupar o DJ de carregar um monte de vinis - um CD pode conter MP3s com músicas de vários discos -, alguns CDJs têm até entrada USB para pendrives

TOCA-DISCOS

Os aparelhos mais tradicionais da discotecagem tocam os bolachões de vinil e são ligados diretamente no mixer. Além do prato para o vinil, a pickup tem o pitch: botão deslizante que regula a velocidade do disco e permite sincronizar a música que está tocando com a que vem na sequência

MIXER

Serve para unir os canais de som dos toca-discos e direcionar a música para as caixas de som. O DJ escolhe o que vai tocar deslizando os botões de volume de cada canal. Para abrir o som de um ou outro aparelho - ou manter os dois sons saindo juntos -, o DJ desliza o crossfader

DECODIFICADOR

Esta placa de som, ligada a um computador, faz o DJ tocar com arquivos digitais usando uma pickup analógica. O truque acontece com o DJ manipulando um "disco branco" - sem música gravada. As "manobras" do DJ no disco interferem no jeito como o som digital é reproduzido

CONTROLADOR

Também ligado diretamente ao computador, reproduz sons padronizados ou trechinhos de música, ou samples. Para disparar esses retalhos de som, o DJ programa um aparelho chamado pad. Cada tecla do pad dispara um sample, que é reproduzido ao vivo enquanto rola a música principal

FONE DE OUVIDO

Para controlar a música que vai entrar, o DJ usa um fone plugado numa saída separada das que vão para as caixas. Um bom fone isola o som do ambiente e tem articulações para o DJ adaptá-lo ao ouvido

Ritmos quentes

Discotecagem deu origem a vários estilos musicais

TECHNO (anos 70)

Nascido em Detroit, o techno foi criado por DJs e produtores influenciados pelo som das bandas alemãs Kraftwerk e Tangerine Dream

HIP-HOP (anos 70)

A mistura do hip-hop com outros gêneros criou bandas como Beastie Boys e Prodigy

HOUSE (anos 80)

Surgido nos EUA, o house tem várias vertentes e atualmente tem forte presença francesa, representada por artistas como Daft Punk e Mr. Oizo

DRUM & BASS (anos 90)

Popularizado na Inglaterra e tocado por nomes ainda hoje de peso, como Marky e Rony Size

TRANCE (anos 90)

Som típico das raves, é representado por nomes como Paul van Dyk, Tiësto e Armin van Buuren

Batidão caseiroNo game DJ Hero, quem comanda a pista é você O hit dos games, Guitar Hero, tem uma versão DJ. Em DJ Hero, o jogadores de PS3 e Xbox 360 se divertem operando uma pickup ligada ao console. Há três botões para apertar quando a tela indica e, em níveis mais avançados, é preciso acionar o crossfader, mandar um scratch e inserir samples

Você também pode gostar de:

Fechar