Mundo Estranho

Como os peixes respiram?

1. Os peixes respiram absorvendo o oxigênio presente na água. Por isso, eles precisam ficar continuamente engolindo a água dos rios ou do mar, que segue para um órgão respiratório, as brânquias

2. Quando chega às brânquias (também conhecidas como guelras), a água passa primeiro por pequenos cílios existentes no órgão, que servem para filtrar impurezas, como restos de alimento, areia ou detritos

3. Em seguida, a água filtrada atravessa as brânquias, que têm minúsculas estruturas formadas por filamentos e lamelas — lâminas muito finas e maleáveis

4. É nos filamentos e nas lamelas que ocorre a troca gasosa — que no corpo humano rola nos alvéolos pulmonares. Ambos têm vasos muito finos, chamados capilares, por onde o sangue circula no sentido inverso ao da água, o que aumenta a eficiência da troca

5. Como a água concentra mais oxigênio (O2) e o sangue mais gás carbônico (CO2), há uma tendência de essas concentrações se equilibrarem — processo chamado de difusão. Então, o oxigênio da água atravessa as paredes permeáveis das lamelas e filamentos e entra na corrente sanguínea, enquanto o gás carbônico segue no sentido contrário

6. Enquanto o sangue leva o oxigênio para todo o organismo do peixe, a água carregando gás carbônico atravessa as brânquias e deixa o corpo pelas fendas branquiais, aberturas laterais próximas à cabeça do animal

Você também pode gostar de:

Fechar