Mundo Estranho

É verdade que Moisés abriu o mar Vermelho?

por Roberto Navarro | Edição 56

O episódio está na Bíblia - mais precisamente no Êxodo, um livro do Velho Testamento. Mas a maioria dos historiadores e arqueólogos dúvida dessa história. Segundo o relato bíblico, os egípcios, depois de enfrentar várias pragas enviadas por Deus, concordam em libertar os judeus, mantidos como escravos. Liderados por Moisés, os judeus partem em direção à Terra Prometida (no atual Israel). Mas o faraó egípcio se arrepende de tê-los deixado ir e envia um exército para persegui-los. Ao chegar às margens do mar Vermelho, Moisés faz com que as águas se abram para a travessia dos judeus, e se fechem em seguida, afogando os soldados egípcios. Para começar, muitos historiadores sustentam que Moisés e o Êxodo são lendas sem fundamento histórico. Já os pesquisadores que acreditam no relato bíblico contestam detalhes importantes do episódio. O principal deles é que os locais mencionados na abertura do mar Vermelho nunca foram encontrados. Alguns especialistas dizem que os judeus atravessaram por uma parte rasa do golfo de Suez, que por efeito da maré fica exposta durante algumas horas do dia - os soldados egípcios teriam se afogado quando a maré subiu. Outra teoria é que a travessia dos judeus aconteceu também no golfo de Suez, mas numa área mais ao sul - os egípcios, com seus pesados carros de guerra, teriam afundado em águas pantanosas. Uma última teoria diz que a passagem rolou no golfo de Ácaba, entre os atuais Israel e Jordânia, aproveitando fortes ventos que expõem bancos de areia ocultos pelo mar. Nada disso foi comprovado até agora.

Você também pode gostar de:

Fechar