Mundo Estranho

Por que, nos desertos, faz tanto calor de dia e tanto frio à noite?

por Gabriela Portilho; Lauro Henriques Jr. | Edição 100

Isso rola porque, nos desertos, a baixíssima umidade do ar faz com que ele não retenha o calor que incide durante o dia. Com pouco vapor d'água na atmosfera, quase não há formação de nuvens, que ajudam a evitar oscilações de temperatura. "As nuvens funcionam como uma espécie de estufa, que retém o calor absorvido pela superfície terrestre, evitando grandes perdas durante a madrugada", afirma o engenheiro agrônomo Miguel Ângelo Maniero, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), campus de Araras (SP). Sem esse "cobertor" de nuvens, o calor se dissipa quando anoitece. "Além disso, o solo seco do deserto, devido à falta de água, perde rapidamente calor para a atmosfera", diz o engenheiro agrônomo Luiz Carlos Ferreira da Silva, da UFSCar. É por isso que, no mesmo dia, a temperatura pode variar dos tórridos 50 oC de dia para os 10 oC negativos à noite!

No sol, no frio...

Beduínos têm roupa "supertecnológica" para enfrentar os altos e baixos dos desertos

De rachar o coco

No rosto, os tecidos protegem contra o vento e as inclementes tempestades de areia, que podem chegar aos 100 km/h. Já os vistosos turbantes, além de representarem um sinal de maioridade, resguardam o cocuruto contra insolações

Uma sopradinha e não dói

As roupas são feitas de lã de camelo, cuja principal vantagem é a trama larga, que permite que o vento a atravesse e dê aquela refrescada na pele. Ao mesmo tempo, como cobre o corpo inteiro, o traje acaba protegendo os beduínos contra queimaduras do sol de até 50 oC

Ventilador portátil

Outro truque de mestre das becas dos beduínos é o fato de elas serem bem largas. Isso faz com que o ar circule dentro delas: o bafo quente, e mais leve, sobe, enquanto o ar frio entra por baixo. Ou seja, o sol pode estar fritando lá fora que o "ventiladorzinho" interno garante o refresco

Sauna noturna

A lã escura - azul-marinho ou preta - funciona como uma espécie de estufa, absorvendo a radiação solar durante o dia. Quando anoitece, e a temperatura pode despencar para absurdos 10 oC negativos, o tecido vai doando seu calor lentamente para o corpo, mantendo-o aquecido

...Ou numa cabana de sapê

Povos nômades, os beduínos dispõem de cabanas portáteis, que também dão um show de design

Gente de fibra

O grande segredo arquitetônico dos beduínos é o material que usam para fazer as cabanas: fibras de pelo de cabra. Além de tornarem a barracona mais leve para ser levada de cá para lá, caso role alguma chuvinha, as fibras impermeáveis se dilatam, evitando que a água penetre na tenda

Noite feliz

Por serem escuras, as fibras absorvem bastante calor durante o dia. À noite, quando a temperatura externa pode chegar a 10 oC negativos, elas vão liberando o calor lentamente, garantindo o aconchego interno. Ainda assim, para ajudar no quentinho, uma fogueira costuma ser acesa no interior

Ar condicionado

Para proteger dos fortes ventos e tempestades de areia, as tendas são fixadas a resistentes estacas de madeira no solo. Mas, como a trama da fibra é vazada, o ar aquecido, mais leve, sobe, enquanto o ar mais frio entra por baixo, fazendo com que haja uma refrescante circulação no interior

Você também pode gostar de:

Fechar