Mundo Estranho

Por que o freio ABS é melhor que o freio convencional?

Porque ele evita que as rodas travem em uma freada brusca e permite que o motorista continue no controle do carro. Na verdade, o ABS (Antilock Braking System, "Sistema de Freio Antitravamento", em português) é um sistema que controla freios comuns. Ao se deparar de repente com um obstáculo no meio da rua, o instinto do motorista é enfiar o pé no freio bruscamente. Nos carros sem ABS, isso faz com que o veículo, mesmo com as rodas paradas, comece a derrapar, arrastando-se sem o domínio do motorista. Já o ABS simula o comportamento de um motorista experiente: pára aos poucos. Assim, as rodas não travam, aumentando a eficiência da direção. No Brasil, 13% dos carros têm ABS. :c)

APERTEM OS CINTOS

Como agem o sistema ABS e o freio comum ao parar um carro a 80 km/h

IH, TRAVOU!

Quando freamos e conseguimos parar o carro normalmente, ocorre um fenômeno chamado atrito estático, entre os pneus e a pista. Esse atrito é maior que o cinético, que rola quando as rodas travam ao frearmos bruscamente. Assim, o carro pára depois de percorrer cerca de 45 metros

PARADA GRADUAL

Em vez de pisar fundo, o recomendado para parar o carro é pisar e soltar continuamente o pedal. Assim o veículo sofre diversas reduções de velocidade sem derrapar. É exatamente o que o ABS faz, automaticamente. Em pista seca, o ABS pára o carro cerca de 32 metros depois da freada

DESLIZE AQUÁTICO

Em pista molhada, a freada brusca não tem o mesmo efeito: o atrito atuante nas rodas travadas é o cinético, mas a água faz com que a intensidade do atrito seja menor, já que os pneus deslizam com facilidade sobre a superfície molhada. O carro só pára depois de cerca de 53 metros

EFICIÊNCIA DEBAIXO D'ÁGUA

Em pista molhada, mesmo com atrito menor, o ABS mantém sua eficiência. Nessa condição, um carro com o sistema pára cerca de 42,4 metros depois da freada, melhor do que o freio comum em pista seca! É importante lembrar que, para o ABS funcionar, tem que pisar fundo no pedal de freio

RELAXA,CONTRAI, RELAXA

Sensor de velocidade e rotação controla o sistema ABS

Sensores instalados nas rodas verificam cerca de 20 vezes por segundo a velocidade de rotação do pneu e a velocidade do carro. Quando a velocidade da roda cai muito em relação à do veículo, é um sinal de que houve uma freada brusca 1 Ao perceber isso, o sistema ABS controla o freio, liberando e contendo alternadamente a rotação da roda, sem deixá-la travar. Como esse "segura e deixa" é feito bombeando o fluido de freio, o motorista sente o pedal vibrar quando o ABS entra em ação

Você também pode gostar de:

Fechar