Mundo Estranho

Por que o Mar Vermelho tem esse nome?

A faixa de mar que separa a África da península Arábica foi batizada há tanto tempo, que tudo o que resta são hipóteses para todos os gostos. No século I, quando a expressão Mar Vermelho já era antiga, o historiador romano Plínio levantou a possibilidade de que o nome fosse uma homenagem ao rei Éritras, personagem da mitologia persa: na época, o mar também era chamado de Eritreu e o prefixo "eritro" significa vermelho em grego. "Outra explicação é que o sul da Palestina era conhecido como terra dos edomitas, os vermelhos", afirma o zoólogo Francis Dov Por, da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel. Uma terceira hipótese se baseia na geografia. No sul da península do Sinai existem montanhas ricas em ferro, minério de cor avermelhada. O vento desgasta o deserto rochoso e arrasta a poeira para o mar, tingindo-o de vermelho.

Como se não bastasse, ainda existe mais uma especulação: a de que esse mar conteria a alga Trichodesmium erythraeum. Ao morrer, ela ganha um tom avermelhado, mudando a cor da água. Mas Dov Por acha essa hipótese improvável: "O Mar Vermelho é pobre em nutrientes, o que dificulta a proliferação de algas."

Você também pode gostar de:

Fechar