Mundo Estranho

Por que sai fumaça do chuveiro se a água não chega a 100 ºC?

por Fernando Tió Neto | Edição 40

Porque a água não precisa chegar a 100 ºC para passar para o estado gasoso. Se a água só virasse vapor a 100 ºC, nunca haveria chuva, pois rios, lagos e mares jamais entrariam em ebulição. O segredo é que, além da ebulição, a água pode passar do estado líquido para o gasoso por duas outras maneiras. A primeira é a calefação, uma mudança quase imediata de estado. Ela ocorre quando você joga água numa chapa quente, por exemplo. A segunda é a evaporação. Para evaporar, a água precisa estar só um pouco mais quente que o ar. É aí que entra o chuveiro: ele consegue gerar essa diferença de temperatura para fazer a água virar vapor. As gotinhas que caem a uma temperatura de pelo menos 20 ºC superior à do ambiente têm boas chances de evaporar. Só para exemplificar, num banho beeeem quente, com temperatura média em torno dos 45 ºC, cerca de 10% da água se perde em forma de vapor. Em um chuveiro elétrico comum, isso significa que cerca de 1,5 litro passa para o estado gasoso durante uma ducha rápida de apenas cinco minutos.

A todo vapor Fumaça é formada por moléculas de água que conseguiram passar para o estado gasoso

1. O que define o estado da água — sólido, líquido ou gasoso — é a agitação de suas moléculas. Quanto mais agitadas, maior será a temperatura do líquido. Na água que desce do chuveiro a uma média de 40 ºC, por exemplo, há algumas gotinhas com moléculas em agitação equivalente a 50 ºC. Para elas, é mais fácil se desgarrar da coluna d’água e virar vapor

2. Nesse mesmo banho a 40 ºC, há gotinhas em que as moléculas têm temperatura de 30 ºC. Como suas moléculas estão menos agitadas, elas têm menos energia e não conseguem passar para o estado gasoso. Elas permanecem no estado líquido e garantem o nosso banho

Você também pode gostar de:

Fechar