Mundo Estranho

Quais símbolos estão escondidos na nota de 1 dólar?

por Patrícia Hargreaves | Edição 123

Há vários ícones na nota de um dólar, que representam conceitos como a guerra, a paz, o Congresso e as 13 colônias iniciais dos EUA.

Há mais de um século, a simbologia da cédula é fonte de discussão e mistério. Existem evidências que ligam seu design à história da fundação do país. Mas há também quem acredite que tudo ali tem fundamento na maçonaria, a sociedade secreta da qual fizeram parte 14 dos 44 presidentes americanos.

Entre eles, Thomas Jefferson, que integrou o comitê que aprovou, em 1872, o grande selo nacional, que fica do lado esquerdo na cédula. Outro membro desse mesmo comitê foi Benjamin Franklin, um dos heróis da independência americana – e também um notório maçom.

Cifrões cifrados – alguns símbolos têm significados conhecidos. Já outros...

O enigma da pirâmide

A data da base é 1776 em algarismos romanos – esse é o ano da independência dos EUA. A construção é formada por 13 degraus, que representam as 13 colônias na época da fundação do país. E o topo não está terminado para simbolizar que o Estado está em constante construção.

Autores secretos?

A frase em latim “Novus ordo seclorum” pode ser traduzida como “A nova ordem dos séculos” e é supostamente conferida aos Illuminati. Essa organização secreta, que muitos acreditam controlar o rumo da história, realmente existiu, mas no passado. Ele foi fundado no século 18, na Alemanha, mas desbaratado pouco tempo depois pelo príncipe Karl Theodor.

Prontos para a guerra

A águia careca, típica da América do Norte, é o animal símbolo do país. Em sua garra esquerda estão 13 folhas de oliva, indicando o desejo pela paz (é nessa direção que a cabeça da ave olha). Mas, na outra garra, há 13 flechas. A mensagem é clara: o país está pronto para lutar se for necessário.

Obsessão numérica

Há 13 estrelas, representando as colônias iniciais. Juntas, formam uma estrela de seis pontas, outro símbolo maçom. O escudo tem 13 listras verticais (as verticais representam o Congresso). E há dois lemas em latim com 13 letras: “Epluribus unum” (“De todos, um”) e “Annuit coeptis” (“Deus tem colaborado com nossa empreitada”), cujos O e E são fundidos em um único caractere.

A cor da riqueza

A cédula é feita com um tipo especial de papel, composto de 75% de algodão e 25% de linho. E é verde porque este pigmento era amplamente disponível na época de sua criação e resistia bem a alterações químicas ou físicas. Além disso, pesquisas indicavam que, inconscientemente, o público associava esse tom com o crédito forte do governo.

Tem que valer a pena

Na ilustração da nota, a asa direita da ave tem 32 penas, que representariam os 32 níveis da maçonaria escocesa. Do lado esquerdo, há uma pena a mais. A penugem extra significaria um tipo de bônus que pode ser alcançado por bons serviços. Já as nove penas do rabo fariam referência aos nove degraus da maçonaria de York.

 

Curiosidades:

  • O fato de o escudo não estar sendo segurado pela águia quer dizer que o Estado consegue se suportar sozinho.
  • O dólar aguenta ser dobrado 4 mil vezes pra frente e 4 mil vezes para trás antes de finalmente se rasgar.
  • Assim como a pirâmide, o “olho que tudo vê” no topo é um ícone maçom. Ele significa que os maçons estão sempre sendo vigiados.

 

Fontes: Bureau of Engraving and Printing of the USA; US Department of Treasury; Banco Central; sites Vizworld e Wikipedia; revista SUPERINTERESSANTE.

Você também pode gostar de:

Fechar