Mundo Estranho

Qual é a coisa mais cara do mundo?

por André Santoro | Edição 19

qual-e-a-coisa-mais-cara-do-mundo

 

A resposta depende de vários fatores. Primeiro, para fazer qualquer comparação entre coisas que custam os olhos da cara, é preciso adotar uma medida única, que sirva como referência para todos os produtos. Nós, de Mundo Estranho, escolhemos 1 quilo como unidade de comparação para montar esse ranking (para os líquidos, convertemos o equivalente em litros, de acordo com a densidade do produto). Claro que algumas substâncias são usadas em quantidades ínfimas no dia-a-dia. É o caso do DNA humano, que serve de base para pesquisas de engenharia genética. "Um quilo abastece todos os laboratórios do mundo por muito tempo", diz o químico Henrique Eisi Toma, da Universidade de São Paulo (USP). Outro critério importante é a possibilidade de compra. Só apresentamos coisas que podem ser adquiridas - embora algumas sejam quase inacessíveis, como as pedras preciosas da lista, e outras, perigosas e ilegais, como as drogas.

Uma terceira regra foi privilegiar as matérias-primas, para evitar que os produtos fossem inflacionados pelo preço de uma marca famosa. Esse critério derrubou as roupas de grife do ranking, mas trouxe para o topo as chamadas essências ou absolutos, as substâncias que dão o aroma aos perfumes mais cobiçados. A exceção foi a lista de bebidas, que em vez dos ingredientes traz as garrafas mais valiosas do planeta. O último critério foi dividir a lista em categorias. Algumas, como a de tecidos, ficaram de lado porque é quase impossível estimar o custo dos itens mais caros. As tapeçarias mais valiosas estão em museus e, literalmente, não têm preço. Com base em tudo isso, a coisa mais cara do mundo é o raríssimo diamante vermelho. Um quilo dessa pedra preciosa chega a custar 15 bilhões de reais! Junto com outros 19 produtos, ela lidera a lista de coisas exorbitantes, divididas em seis categorias.

 

Bebidas

Uísque Glenfiddich 1937

80 mil reais

Esse é o uísque mais antigo — e caro — do planeta. As 61 garrafas existentes são disputadas em concorridos leilões na Europa

Vinho Château Lafite Rotschild 1811

75 mil reais

Esse vinho não é para ser bebido, é de colecionador. O raríssimo exemplar de 192 anos foi arrematado em junho de 2000

Vinho Château Mouton-Rotschild 1945

70 400 reais

Uma garrafa dessa safra, tida pelos especialistas como a mais saborosa, foi vendida em 1997 em uma casa de leilões inglesa

Vinho Romanée-Conti 1985

34 700 reais

É a bebida mais cara disponível no Brasil. A safra de 1985 é considerada especial e vem batendo recordes de preço no mundo todo

Minerais Preciosos

Diamante Vermelho

15 bilhões de reais

Uma jóia grande de 1 quilate (200 mg) custa a bagatela de 3 milhões de reais. O diamante incolor sai mais em conta: 1 quilo vale "só" 255 milhões de reais

Rubi Da Birmânia

450 milhões de reais

Essa pedra de cor roxa é encontrada também em jazidas da Tailândia e do Sri Lanka. Um anel de 1 quilate, por exemplo, custa 90 mil reais

Alexandrita

450 milhões de reais

Essa gema fascina pela mudança de cor: durante o dia, ela fica azulada. À noite, vira vermelha. Um quilate também sai por 90 mil reais

Esmeralda Colombiana

300 milhões de reais

Esse mineral é usado como ornamento há mais de cinco milênios. As jazidas da Colômbia produzem as pedras mais perfeitas, a 60 mil reais o quilate

Cosméticos

Absoluto De Íris

157 mil reais

Essa essência, extraída do caule da flor de íris, é usada no famoso perfume Channel nº 19 e corresponde a menos de 1% do produto

Absoluto De Violeta

37 mil reais

Purificado a partir das folhas da violeta, o aroma é utilizado em perfumes e sabonetes. Bastam poucas gotas desse absoluto para inflacionar o preço

Âmbar Gris

10 mil reais

Esse óleo, extraído das secreções do cachalote (um parente da baleia), é usado para fixar aromas em perfumes e cosméticos em geral

Comidas

Trufa Branca Italiana

12 mil reais

A trufa verdadeira não é um doce, mas o cogumelo mais caro do mundo. Em restaurantes sofisticados, cada prato leva, no máximo, 20 gramas do produto

Caviar Beluga Iraniano

10 600 reais

Caviar sempre foi sinônimo de coisa cara. As ovas pretas da beluga são as mais cobiçadas, ainda mais agora que o peixe corre risco de extinção

Matsutake

6 mil reais

Esse é outro cogumelo raríssimo. Na culinária, costuma ser muito usado em requintados preparados da cozinha oriental, especialmente sopas e pratos grelhados

Substâncias Químicas

DNA Humano

15 milhões de reais

Quantidades ínfimas da substância são usadas em laboratórios para fazer exames de paternidade e em pesquisas de engenharia genética

Ácido Abcísico

600 mil reais

Esse caríssimo hormônio vegetal é importante para os botânicos porque evita que as sementes das plantas germinem antes do tempo

Rodopsina

300 mil reais

É uma proteína essencial para a captação de luminosidade na visão. O tipo sintetizado em laboratório é extraído de bactérias

Drogas**

Crack

450 mil reais

Na Inglaterra, onde a oferta é reduzida, uma pedra de 150 mg de crack sai por 67 reais. No Brasil, a droga é mais barata do que a cocaína

Heroína

210 mil reais

Essa droga extraída da papoula tem poder viciante oito vezes superior à morfina, que vem da mesma planta. Um grama vale 210 reais

Cocaína

139 mil reais

O pó extraído do arbusto de coca encarece na refinação: na Inglaterra, cada papelote com 1 grama desse entorpecente custa 139 reais

* Os preços foram calculados com base em uma cotação em que 3 reais equivalem a 1 dólar

** Média dos valores praticados na Inglaterra, em 2001. No Brasil, não há dados consensuais sobre os preços das principais drogas

Consultores: Wine Spectator (Estados Unidos); Unidade Independente de Monitoramento de Drogas do Reino Unido (Inglaterra); Associação Brasileira de Sommeliers (Brasil); Grupo Expand (Brasil); Sérgio Arno, do restaurante La Vecchia Cucina, e Tsuyoshi Murakami, do restaurante Kinoshita, ambos em São Paulo; Rainer Guttler e Henrique Eisi Toma, da Universidade de São Paulo (USP); e Olivier Paget, da Mane do Brasil

Você também pode gostar de:

Fechar