Mundo Estranho

Qual é a diferença entre menta e hortelã?

por Viviane Palladino | Edição 57

>Menta e hortelã são nomes populares usados para designar espécies que pertencem a um mesmo gênero, chamado Mentha. Ao redor do mundo existem de 25 a 30 espécies naturais desse gênero - além de outras tantas espécies criadas pelo ser humano -, mas o mais comum, no Brasil, é chamar de hortelã os pezinhos da espécie Mentha piperita e de menta os da Mentha spicata. As demais espécies, como são bem parecidas, costumam variar entre os dois nomes populares. "A confusão é comum porque o cruzamento entre as Menthas resulta em plantas parecidas, embora bem diferentes biologicamente. Isso faz com que os pesquisadores tenham dificuldades em identificar que tipo de Mentha é", afirma Lin Chau Ming, professor de horticultura da Unesp de Botucatu (SP). Parte da confusão também se deve ao fato de os nomes populares variarem de região para região. Enquanto no sul do Brasil a maioria das espécies é chamada de menta, no interior de São Paulo e no Nordeste é mais comum usar hortelã para designar qualquer uma delas.

Folha corrida Cinco diferenças entre as Menthas

MENTA (Mentha spicata)

 

SABOR - Mais suave

USO - Tempero

PECÍOLO* - Não tem

INFLORESCÊNCIA** - Formato mais alongado e estreito

FOLHAS - Mais largas

HORTELÃ (Mentha piperita)

 

SABOR - Forte e ardido

USO - Sabor de pastas de dentes e balas e como fitoterápico

PECÍOLO* - Tem

INFLORESCÊNCIA** - Flores dispostas em forma de uma espiga larga

FOLHAS - Pontiagudas, compridas e estreitas

* pecíolo: pequena haste que liga a folha ao caule principal

** inflorescência: conjunto de flores

Você também pode gostar de:

Fechar