Mundo Estranho

Qual é a origem da expressão "tirar o cavalo da chuva"?

Ninguém sabe ao certo, mas ela provavelmente surgiu no Brasil quando o cavalo ainda era o meio de transporte mais comum. Para alguns, a origem estaria no costume de amarrar a montaria na frente das casas. Quando o animal de um visitante era preso sob a varanda ou outro lugar protegido, era um sinal de que ele pretendia demorar na visita, o que era considerado uma indiscrição. "Algumas vezes, porém, o dono da casa tomava gosto pela prosa. Nesse caso, quando a visita esboçava partir, ele avisava: ‘Pode tirar o cavalo da chuva’", afirma o filólogo José Pereira da Silva, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Seria o mesmo que dizer: "Amarre seu animal em local protegido para que nossa conversa possa continuar calmamente".

Mas como esse sentido original acabou se alterando para "desistir de alguma coisa" ou "perder as esperanças"? O etimologista Deonísio da Silva, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), acredita que a expressão teria nascido no sul do país, com o hábito gaúcho de recolher o cavalo no galpão, se houvesse sinal de chuva prolongada, quando chegava num armazém para fazer compras. "Isso explica o sentido atual da expressão, que indica que a solução de um problema vai demorar", diz Deonísio.

Você também pode gostar de:

Fechar