Mundo Estranho

Qual é o alimento mais consumido no mundo?

por Marina Motomura | Edição 75

Qual é o alimento mais consumido no mundo?

Meire E. Coelho,

Agrolândia, SC

O arroz nosso de cada dia é o campeão, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês). Isso significa, segundo a FAO, que cada pessoa consumiu 557 calorias por dia de arroz em todo o mundo entre 2001 e 2003. Em fevereiro de 2004, publicamos na ME essa mesma pergunta, mas o vencedor foi o leite - a lista anterior havia se baseado no consumo total, em toneladas, dos alimentos, informação não disponível no banco de dados da FAO hoje.

Bons de garfo Dos rangos mais populares, só a carne de porco não tem origem vegetal

1. Arroz

CONSUMO DIÁRIO MÉDIO, EM CALORIAS, POR HABITANTE DA TERRA - 557

CALORIAS FORNECIDAS POR 100 G - 164 (cozido)

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL - Base da alimentação do brasileiro, ao lado do feijão, o arroz é um composto de carboidratos, proteínas, sais minerais e vitaminas do complexo B. Mas, quando ele é refinado, perde quase todos esses nutrientes, que ficam na película abaixo da casca. Por isso o ideal é consumir a versão integral, que ainda tem fibras que ajudam o trabalho do intestino

2. Trigo

CONSUMO DIÁRIO MÉDIO, EM CALORIAS, POR HABITANTE DA TERRA - 521

CALORIAS FORNECIDAS POR 100 G - 310

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL - O trigo chega à mesa sob várias formas, dos grãos à farinha. Os alimentos derivados dele são fontes de carboidratos, proteínas, vitaminas, ferro, zinco, além de fibra, mas pobres em gordura e açúcar. Os alimentos com trigo integral têm ainda gérmen nutritivo e farelo, que acrescentam fibras e minerais ao produto. O trigo é o ingrediente principal de pães e massas

3. Açúcar

CONSUMO DIÁRIO MÉDIO, EM CALORIAS, POR HABITANTE DA TERRA - 202

CALORIAS FORNECIDAS POR 100 G - 398

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL - É a maior fonte de energia para plantas e animais. O tipo mais consumido pelos humanos é o branco, formado por 99% de sacarose, que, por sua vez, tem glicose (conhecida como "açúcar do sangue") e frutose (presente nas frutas) na sua composição. Os açúcares das frutas e vegetais estão ligados a vitaminas, fibras, minerais e óleos. Mas o excesso de açúcar pode levar à obesidade

4. Milho

CONSUMO DIÁRIO MÉDIO, EM CALORIAS, POR HABITANTE DA TERRA - 147

CALORIAS FORNECIDAS POR 100 G - 94 kcal

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL - Cheio de carboidratos, vitaminas (B1, B12 e E) e sais minerais, o milho dá bastante energia ao corpo. Cada grão tem cerca de 20% de fibras, 60% de amido, 10% de proteínas e 4% de óleo. Seus derivados também mandam bem: a indústria farmacêutica usa o vegetal para fabricar penicilina e dextrose, e o óleo feito com milho dificulta a formação de gordura no sangue

5. Carne de porco

CONSUMO DIÁRIO MÉDIO, EM CALORIAS, POR HABITANTE DA TERRA - 117

CALORIAS FORNECIDAS POR 100 G - 181 (sem gordura)

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL - Apesar da má fama, a carne suína faz bem, sim: possui alto teor de proteínas e é rica em vitamina B1 - mas evite as partes gordurosas, como toucinho e joelho. Alguns cortes do animal, como o lombo e o pernil (que têm apenas 3 a 5% de gordura), podem ser até melhores do que a carne bovina. A carne não deve ser ingerida crua ou malpassada para evitar a contaminação por larvas

Você também pode gostar de:

Fechar