Mundo Estranho

Qual é o maior metrô do mundo?

por Bruna Bittencourt | Edição 70

É o lendário metrô de Londres. São 408 km de trilhos, o que em linha reta equivale quase à distância total entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Sua maior linha, Central Line, possui 83 km e supera a extensão de todo o sistema de metrô da cidade de São Paulo, que tem 60 km de trilhos. Inaugurado em 1863, o metrô londrino é também o mais antigo do mundo. Construído como parte de um plano de melhoria da cidade, ele nasceu com apenas 6 km de trilhos - mas, já no primeiro ano de funcionamento, 9,5 milhões de passageiros foram transportados, média de 26 mil por dia. Na cola do metrô londrino está o de Nova York, com 368 km de trilhos. Ele ganha de Londres em número de estações: 468 contra 275 estações londrinas. Nenhum dos dois, entretanto, ganha o título de maior número de passageiros. Nesse quesito, o campeão é o metrô de Moscou, na Rússia, que leva cerca de 8 milhões de pessoas por dia. E no Brasil? Por aqui, o maior e mais antigo é o metrô de São Paulo. Aberto em 1974, o sistema paulistano tem 60 km e transporta cerca de 4,9 milhões de passageiros por dia. No ranking mundial de tamanho, o metrô de Sampa ocupa o 37º lugar.

Para baixo e avante! Planeta tem 162 cidades com sistema de metrô. Conheça os dez maiores

Londres

Inauguração - 1863

Passageiros por dia - 2,7 milhões

408 km

Nova York

Inauguração - 1904

Passageiros por dia - 4,8 milhões

368 km

Tóquio

Inauguração - 1927

Passageiros por dia - 7,2 milhões

292 km

Seul

Inauguração - 1974

Passageiros por dia - 5,5 milhões

287 km

Moscou

Inauguração - 1935

Passageiros por dia - 8 milhões

278 km

Madri

Inauguração - 1919

Passageiros por dia - 1,7 milhão

243 km

Paris

Inauguração - 1900

Passageiros por dia - 3,6 milhões

212 km

Cidade do México

Inauguração - 1969

Passageiros por dia - 3,9 milhões

201 km

Chicago

Inauguração - 1892

Passageiros por dia - 500 mil

173 km

Washington

Inauguração - 1976

Passageiros por dia - 560 mil

169 km

FONTES: ELABORAÇÃO PRÓPRIA A PARTIR DE DADOS DO SITE URBANRAIL.NET; BIBLIOTECA DO METRÔ DE SÃO PAULO E SITES OFICIAIS DOS METRÔS CITADOS

Você também pode gostar de:

Fechar