Mundo Estranho

Qual é o material mais duro que existe?

por Tarso Araújo | Edição 59

Na natureza, o material mais duro é o diamante. Para arrancar uma lasca dele é preciso aplicar uma pressão de 442 gigapascais, o equivalente a 4,5 milhões de atmosferas! Em 2005, no entanto, cientistas de uma universidade na Alemanha conseguiram sintetizar um material ainda mais duro, uma espécie de diamante artificial, que resiste a uma pressão de 492 gigapascais. Para chegar a esse material, eles comprimiram átomos de carbono a 2,2 mil graus Celsius e a uma pressão de mais de 200 mil atmosferas. Os diamantes sintéticos obtidos tinham a forma de bastões com no máximo 1 milésimo de centímetro - menores que uma bactéria. "Esse processo ainda é caro, mas, se o material provar sua utilidade, a tecnologia pode se desenvolver para que ele fique mais barato", diz a física Maria Cristina dos Santos, da USP, especialista em estrutura de materiais. Pedras preciosas duras como os diamantes têm aplicações importantes na indústria. Além de servirem como lâmina para cortar outros materiais resistentes, elas são usadas para proteger a parte magnética dos discos rígidos de computadores. Uma camada de milésimos de milímetro de diamante é suficiente para proteger o hardware de qualquer dano que possa prejudicar seu funcionamento.

Você também pode gostar de:

Fechar