Mundo Estranho

Qual foi a maior audiência da TV brasileira?

por André Bernardo | Edição 128

Como o sistema de medição passou por diferentes fases, há vários campeões, cada um por um critério. A primeira pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) rolou já no anode estreia da TV no Brasil, em 1950. Até o fim dos anos 80, ela era feita de porta em porta, por um funcionário. A partir de 1991, começou a funcionar o sistema atual, chamado peoplemeter, com um aparelhoque pontua a audiência em tempo real. “Um ponto equivale a 1% do universo pesquisado. No caso da Grande São Paulo, representa 60.204 lares”, explica Adalgisa Rodrigues, diretora de operações do Ibope.

TODO MUNDO LIGADO!

Três programas considerados campeões de Ibope, cada um a seu jeito

O FIM DO SEGREDO

AtraçãoCapítulo 152 de Selva de Pedra

Quando4/10/1972

Audiência médiaSem medição

Esse é da época em que a pesquisa era feita de porta em porta. De 100 lares consultados no Rio de Janeiro nessa noite, 23 estavam com a TV desligada. Todos os outros 77 estavam vendo a protagonista Simone Marques (Regina Duarte), que se passava pela irmã, ser finalmente desmascarada

UM VERDADEIRO FENÔMENO

AtraçãoJogo de futebol Brasil X Turquia

Quando26/6/2002

Audiência média71 pontos

A seleção brasileira venceu essa semifinal da Copa do Mundo Japão-Coreia com um gol de Ronaldo. Segundo os sites Folha Online e Terra, a partida chegou a render picos de 75 pontos. Nessa época, cada ponto equivalia a 47 mil domicílios

BEIJA OU NÃO BEIJA?

AtraçãoCapítulo final de América

Quando4/11/2005

Audiência média66 pontos

Desconsiderando o futebol, o melhor registro na fase do sistema peoplemeter é mérito da noveleira Glória Perez. Houve picos de até 70 pontos – em parte, por causa da expecativa quanto ao beijo gay entre Júnior (Bruno Gagliasso) e Zeca (Erom Cordeiro)

 

CONSULTORIAIgor Sacramento, doutorando em comunicação e cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e co-organizadordo livro História da Televisão no Brasil

FONTES Livros A Vida com a TV – O Poder da Televisão no Cotidiano, de Luiz Costa Pereira Júnior, e Almanaque da TV, de Bia Braune e Rixa Xavier

IMAGENS Reprodução

Você também pode gostar de:

Fechar