Mundo Estranho

Qual foi o primeiro reality show da história?

Foi An American Family ("Uma Família Americana"), produzido pela rede de TV americana PBS e exibido em 1973. O público acompanhou o dia-a-dia de um casal da Califórnia e seus cinco filhos em 12 episódios. Ao contrário dos programas atuais, o "bisavô" do Big Brother não distribuiu prêmios milionários para os participantes, mas exibiu momentos que ficaram marcados na história da TV americana. Num episódio, a mãe da família pediu divórcio ao marido. Em outros capítulos, Lance Loud, um dos filhos - que não escondeu sua homossexualidade - chegou a usar batom e roupas femininas. O pioneirismo do programa causou impacto no público e na crítica e inspirou produções semelhantes em outros países. Em 1974 foi feito na Inglaterra um reality show chamado The Family ("A Família"). An American Family também inspirou, décadas depois, o programa da MTV The Real World, de 1991, exibido no Brasil com o nome Na Real. Ele foi um tremendo sucesso ao mostrar o cotidiano de jovens desconhecidos morando num mesmo apartamento. Mas nada se compara ao sucesso da fórmula do Big Brother, desenvolvido pela produtora holandesa Endemol e hoje exibido em 17 países. No Brasil o programa ruma para a nona edição e continua despertando a curiosidade do público. "Ele fascina porque oferece uma chance de participação, através do voto, no destino real dos competidores. É como uma gincana em que cada telespectador se liga a todos os outros e aos participantes em uma rede. O sentir-se conectado responde em grande medida pelo fascínio gerado pelo gênero", afirma a antropóloga Esther Hamburger, da Universidade de São Paulo (USP).

Para todos os gostos O gênero fez tanto sucesso na TV que gerou inúmeras versões

Participantes ilustres

Não são mais apenas desconhecidos que aparecem nos programas. Personalidades "lado B" fizeram sucesso em Casa dos Artistas e a família do roqueiro Ozzy Osbourne estrelou The Osbournes

Salve-se quem puder

Programas como Survivor e a versão nacional dele, No Limite, colocam um grupo de pessoas nos lugares mais inóspitos do mundo, fazendo os participantes lutarem entre si e contra a natureza

Uma nota, maestro

Os reality shows também selecionam "astros" da música entre jovens talentosos, que são vistos tendo aulas de canto, dança e interpretação. É o que propõem Fama e American Idol

Por amor

Em programas como Amor a Bordo, o desafio é iniciar um romance. Em The Bachelorette, o segredo é arrumar um marido. E ainda há A Ilha da Sedução, em que a tarefa é ser fiel e evitar tentações

Você também pode gostar de:

Fechar