Mundo Estranho

Quando começa a vida?

por Lorena Verli | Edição 64

Há pelo menos quatro linhas de pensamento para essa questão (veja a tabela abaixo). Foi o que se constatou no final de abril em uma audiência pública no Supremo Tribunal Federal (STF) que confrontou representantes das diferentes correntes. A audiência aconteceu em função de uma ação movida pela Procuradoria Geral da República contra a Lei de Biossegurança, aprovada em 2005, que libera pesquisas com células-tronco de embriões humanos. Dependendo da opinião em relação ao início da vida, muda toda a lógica relacionada não só ao uso de células-tronco mas também a outras questões polêmicas, como o aborto. Apesar de a reunião no STF não ter sido conclusiva, um novo debate não está previsto. O ministro Carlos Ayres Britto, relator da ação, que ouviu os argumentos de cada grupo, agora redigirá seu parecer. Em seguida, com base no relatório do ministro, o STF decidirá se as pesquisas com células-tronco continuam ou não.

Democracia pré-natal Decidir quando a vida começa muda tudo em relação a questões polêmicas

Linhas de pensamento - Fecundação

Quando começa a vida? - Primeiro momento da gestação - entre 12 e 48 horas após a relação sexual - quando o espermatozóide penetra no óvulo

Opinião em relação ao aborto - Estas três correntes defendem que interromper a gravidez é um tipo de assassinato, pois coloca fim à vida de um ser humano. Por isso, acreditam que o aborto deve ser proibido e punido pela lei. A diferença é que os adeptos da primeira linha de pensamento crêem que interromper a gestação em qualquer etapa é aborto. As outras duas correntes consideram que só há aborto após a fixação do óvulo no útero

Pílula do dia seguinte - Não aceitam este método anticoncepcional. Assim como a Igreja Católica, acreditam que esse medicamento mata uma vida ao impedir que o embrião se fixe no útero

Pesquisa com células-tronco - Contrários ao uso de células-tronco embrionárias em pesquisas medicinais, mas a favor da manipulação de células-tronco adultas

Linhas de pensamento - Fixação do óvulo no útero

Quando começa a vida? - Entre o sétimo e o décimo dia da gestação, quando o embrião se "aconchega" nas paredes do órgão, onde vai se desenvolver nos nove meses seguintes

Opinião em relação ao aborto - Estas três correntes defendem que interromper a gravidez é um tipo de assassinato, pois coloca fim à vida de um ser humano. Por isso, acreditam que o aborto deve ser proibido e punido pela lei. A diferença é que os adeptos da primeira linha de pensamento crêem que interromper a gestação em qualquer etapa é aborto. As outras duas correntes consideram que só há aborto após a fixação do óvulo no útero

Pílula do dia seguinte - Aceitam, porque a pílula do dia seguinte atua justamente impedindo que o óvulo se fixe no útero. Portanto, as três correntes acreditam que, com este método contraceptivo, a gestação é interrompida antes do início da vida

Pesquisa com células-tronco - Apóiam o estudo de células-tronco embrionárias, porque acreditam que, no momento em que essas células são manipuladas, ainda não há vida. Nos países onde essas pesquisas são liberadas, o embrião deve ser congelado até o quinto dia após a fecundação, ou seja, antes do início da vida, segundo as três correntes

Linhas de pensamento - Formação do sistema nervoso

Quando começa a vida? - Por volta do 14º dia após a fecundação, quando o óvulo se torna um blastocisto e suas células começam a se definir: umas darão origem ao sistema digestivo, outras ao nervoso etc.

Opinião em relação ao aborto - Estas três correntes defendem que interromper a gravidez é um tipo de assassinato, pois coloca fim à vida de um ser humano. Por isso, acreditam que o aborto deve ser proibido e punido pela lei. A diferença é que os adeptos da primeira linha de pensamento crêem que interromper a gestação em qualquer etapa é aborto. As outras duas correntes consideram que só há aborto após a fixação do óvulo no útero

Pílula do dia seguinte - Aceitam, porque a pílula do dia seguinte atua justamente impedindo que o óvulo se fixe no útero. Portanto, as três correntes acreditam que, com este método contraceptivo, a gestação é interrompida antes do início da vida

Pesquisa com células-tronco - Apóiam o estudo de células-tronco embrionárias, porque acreditam que, no momento em que essas células são manipuladas, ainda não há vida. Nos países onde essas pesquisas são liberadas, o embrião deve ser congelado até o quinto dia após a fecundação, ou seja, antes do início da vida, segundo as três correntes

Linhas de pensamento - Pronto para sobreviver

Quando começa a vida? - Por volta do quinto mês de gestação, quando o embrião já tem todos os órgãos minimamente desenvolvidos, possibilitando que ele viva fora do útero

Opinião em relação ao aborto - Aceita o aborto. "Impedir que a mulher decida se quer ou não ser mãe não é uma atitude sensata", diz o geneticista Walter Pinto, que defende esta corrente

Pílula do dia seguinte - Aceitam, porque a pílula do dia seguinte atua justamente impedindo que o óvulo se fixe no útero. Portanto, as três correntes acreditam que, com este método contraceptivo, a gestação é interrompida antes do início da vida

Pesquisa com células-tronco - Apóiam o estudo de células-tronco embrionárias, porque acreditam que, no momento em que essas células são manipuladas, ainda não há vida. Nos países onde essas pesquisas são liberadas, o embrião deve ser congelado até o quinto dia após a fecundação, ou seja, antes do início da vida, segundo as três correntes

Você também pode gostar de:

Fechar