Mundo Estranho

Quem foi Tutankamon?

Foi um faraó egípcio que viveu há mais de 3 mil anos. Hoje ele é famoso no mundo todo e virou quase um sinônimo de Egito antigo, mas quando esteve no poder foi um faraó discreto. Então por que ele ficou tão popular? Tudo começou em 1922, quando o arqueólogo inglês Howard Carter descobriu uma tumba quase intacta no Vale dos Reis, perto da cidade egípcia de Luxor. Lá estava enterrada a múmia de Tutankamon. É claro que muitas outras tumbas já haviam sido achadas antes por arqueólogos, mas nenhuma delas permaneceu tão preservada da ação de saqueadores ao longo dos séculos como a de Tutankamon. Foi esse inédito tesouro arqueológico, recheado de um rico mobiliário e obras de arte, que fez a fama de um faraó precoce, mas não tão importante na história egípcia. Ele subiu ao trono por volta do ano 1330 a.C., quando tinha só 9 anos de idade. Seu curto reinado foi dominado pela influência de tutores e Tutankamon morreu com apenas 18 anos, em meio a crises econômicas e políticas. "Embora haja algumas evidências de que ele poderia ter sido assassinado, a precisa causa de sua morte permanece desconhecida. Mas a tese de assassinato ganha cada vez mais adeptos entre egiptólogos, em detrimento da antiga crença de que tenha morrido de tuberculose", afirma o arqueólogo José Roberto Pellini, do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (USP).

Você também pode gostar de:

Fechar