Logo ME

VÍDEO: “Gato preto mais sortudo do mundo” já ganhou 18 concursos

Para vencer o preconceito contra felinos pretos, ONG e agência de publicidade criam campanha genial para adoção

Atualmente, 70% dos gatos para adoção no Brasil são pretos – e a maioria morre sem jamais ser adotado. Tudo por causa da superstição (incrivelmente idiota) de que felinos dessa cor “dão azar”.

Para contornar essa situação e estimular a adoção desses animais, a agência Leo Burnett Tailor Made criou uma campanha especial para a ONG Adote um Gatinho. Eles escolheram um dos gatos pretos para adoção, o Lucky, e o inscreveram em dezenas de concursos, promoções e sorteios. Resultado: ele já ganhou 18. Entre os prêmios, uma assinatura de TV a cabo, um tablet e um videogame.

Agora, virou estrela de um vídeo contando sua história – e convocando todo mundo a vencer esse preconceito.

 

 

Veja também

Lucky vem de um passado triste. A ONG o encontrou há três anos, no apartamento de uma acumuladora que tinha mais de 20 gatos. Ela havia morrido e os animais estavam há mais de três dias sem comida ou água.

Na ONG, Lucky foi diagnosticado com uma doença renal crônica. Mas, depois de dois meses de tratamento e sete na casa de uma voluntária, ele voltou à saúde. Hoje, com 9 anos, é um gato brincalhão, que adora colo e “amassar pãozinho” nos humanos (quem tem gato vai entender). Ainda assim, não foi adotado – como tantos outros felinos de sua cor.

Se você quiser colaborar com a ONG Ajude um Gatinho, seja adotando um pet ou trabalhando como voluntário, visite http://www.adoteumgatinho.org.br ou envie uma mensagem para informacoes@adoteumgatinho.com.br