Logo ME

O que são e para que servem os hormônios?

São substâncias produzidas pelas glândulas que compõem o chamado sistema endócrino (do grego endos, “dentro”, e krynos, “secreção”). Cada hormônio tem uma função diferente, mas alguns trabalham em conjunto. Quando você toma um susto, por exemplo, são dois hormônios – a adrenalina e a noradrenalina – que fazem acelerar o ritmo do coração e da respiração, entre outras reações que preparam o corpo para reagir. “Seria impossível viver sem hormônios. São eles que regulam a quantidade de substâncias como o açúcar ou cálcio – evitando o excesso ou a falta delas em nosso organismo. São eles que transformam a criança em adulto, desencadeando as mudanças fisiológicas que ocorrem na adolescência; e também avisam o corpo que está na hora de dormir quando a noite chega”, afirma o endocrinologista José Carlos Zelante Cavenaghi, do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Das glândulas endócrinas em que cada um é produzido, os hormônios são lançados no sangue e, a partir daí, alcançam todas as células do corpo – mas só vão atuar sobre aquelas a que são dirigidos, chamadas justamente de células-alvo. Elas possuem, em sua membrana ou no interior, receptores especiais para aquele hormônio específico. Por isso, podemos dizer que os hormônios trabalham como mensageiros que transmitem ordens com endereços e destinatários certos. O comando central da equipe é a hipófise, glândula localizada no cérebro que, além de produzir seus próprios hormônios, estimula as outras endócrinas a fabricar os restantes. Alguns têm como única função sair de sua glândula e viajar a outra para avisá-la de que deve produzir o hormônio que executará a tarefa desejada. O assunto ainda guarda muitos mistérios: além dos 22 hormônios identificados, existem vários outros sendo estudados pela medicina, que não ainda têm nome e cuja função permanece desconhecida.

O resto da turma Há mais uma série de hormônios além dos dois exemplos ilustrados à direita

Glândulas Tireóide e Paratireóide

Região do corpo: Pescoço

Hormônio – Triiodotironina

Função – Regula o iodo no organismo e o consumo de oxigênio pelas células

Hormônio – Calcitonina

Função – Baixa o nível de cálcio no sangue e inibe sua liberação pelos ossos

Hormônio – Paratormônio

Função – Eleva o nível de cálcio no sangue e estimula sua liberação pelos ossos

Glândulas Testículos (no homem), ovários e corpo amarelo (na mulher)

Região do corpo: Aparelho reprodutor

Hormônio – Andrógeno (testosterona)

Função – Estimula a produção de espermatozóides. Desenvolve e mantém características masculinas como voz grave, maior quantidade de pêlos e maior massa muscular

Hormônio – Estrógeno (ovários)

Função – Estimula o crescimento e amadurecimento da mucosa do útero. Desenvolve e mantém características femininas como voz aguda, mamas, pêlos e ciclo reprodutivo

Hormônio – Estrógeno e progesterona (corpo amarelo)

Função – Dão continuidade ao desenvolvimento da mucosa do útero durante os ciclos menstruais. Na gravidez, a progesterona também prepara o útero para a gestação

Glândula Pineal

Região do corpo: Parte Posterior do cérebro

Hormônio – Melatonina

Função – A pineal interage com o ambiente, principalmente com a luz, determinando o ciclo do sono. Nos répteis, ela é responsável pela troca da cor da pele para camuflagem, conforme a luz e o ambiente