Logo ME

Por que as bebidas alcoólicas causam ressaca?

A culpa é de uma substância chamada acetaldeído. Se a ingestão for pequena, o fígado dá conta de metabolizar o álcool, que vira acetaldeído – e este, por sua vez, transforma-se em acetato (não prejudicial ao organismo). “Em altas doses, porém, essa transformação é mais lenta e o acetaldeído acaba se acumulando e indo parar na corrente sangüínea. Aí, ele provoca todas as reações desagradáveis da ressaca”, afirma a bioquímica Angela Maria Ribeiro, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Essa substância também atua diretamente no sistema nervoso central e supõe-se que ela dilata os vasos sangüíneos, causando pressão baixa, taquicardia, tontura, vermelhidão, dor de cabeça, aumento da temperatura do corpo e alterações no sistema digestivo – origem das náuseas e vômitos. “Além disso, o acetaldeído inibe o hormônio antidiurético, o que faz a pessoa urinar mais e, por isso, perder líquido. Daí vem a sensação de boca seca e a necessidade de beber água”, diz Angela.