Logo ME

Qual é a doença que mais matou gente na história da humanidade?

malária

Tudo indica que foi a malária. Estima-se que, descontadas as guerras e as mortes acidentais, essa doença foi responsável por metade dos óbitos da história da humanidade desde a Idade da Pedra, 600 mil anos atrás. “Na Grécia antiga, havia relatos de manifestações da malária. No auge do Império Romano, ela era comum na região do Mediterrâneo”, diz a epidemiologista Diana Maul de Carvalho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A cada ano, as várias espécies de mosquitos que carregam o parasita da doença contaminam 500 milhões de pessoas no mundo, das quais algo entre 1 e 3 milhões acabam morrendo. Existem também, é claro, epidemias de outras doenças que deixaram um rastro devastador na história humana. “Na Idade Média, a peste bubônica chegou a vitimar cerca de 25% da população da Europa”, diz o epidemiologista Jair Ferreira, da UFRGS. Há ainda quem considere a fome uma doença, afirmando que ela causou mais mortes na história humana.

“Até o século 20, a cada 1 000 crianças nascidas 600 morriam de desnutrição ou de doenças causadas por ela”, afirma Jair.

Leia também:

– Qual é o pior parasita do mundo?

– Como é feita uma autópsia?

– O que foi a peste negra e quantas pessoas ela matou?