Logo ME

Se alguém abrir os olhos de uma pessoa em coma, ela enxerga?

Não. O paciente em coma tem um importante órgão neurológico "desligado": o sistema reticular ativador ascendente (abreviado como Sara)

Bela Adormecida

ILUSTRA André Santos

PERGUNTA Jadiel de Souza, Palmas, TO

Não. O paciente em coma tem um importante órgão neurológico “desligado”: o sistema reticular ativador ascendente (abreviado como Sara). Essa estrutura de neurônios no tronco encefálico regula os estados de sono e vigília (e, portanto, o coma). Mas ela também é uma “central de comunicação” com o tálamo, que transmite os impulsos sensitivos. Se não estiver funcionando, os estímulos captados pelos olhos não chegam à parte do cérebro que os interpreta. É como se a ponte que liga os sentidos e a mente tivesse caído.

Fale com ela

Em teoria, o cérebro em coma também não consegue interpretar sons. Porém, algumas pesquisas têm provado que ouvir a voz de parentes pode ajudar no tratamento. Foi o caso das cobaias analisadas pela Universidade Northwestern, nos EUA: quem ouviu histórias pessoais gravadas por parentes até seis vezes por dia recuperou a consciência mais rápido

O que os olhos não veem…

A maior parte das funções vitais da vítima de coma continua rolando sem problemas. É por isso, por exemplo, que elas continuam eliminando fezes e urina. Os olhos não são exceção: todas as estruturas seguem trabalhando. Mas os sinais nervosos que eles enviam não conseguem chegar às áreas do cérebro que os interpretam, como o córtex occiptal

Juliana está desmaiada

Durante um desmaio, também não é possível enxergar. O “apagão” é causado por algum problema temporário na distribuição do sangue no encéfalo. Entre outras coisas, isso bloqueia a interpretação dos estímulos recebidos pelos olhos. Por isso, também é comum o desmaiado relatar que, pouco antes, sentiu a visão turva (ou com muitas luzes)

15 tons de cinza

Para determinar o nível de consciência de alguém, a medicina usa a chamada escala de Glasgow. Testes de resposta ocular, de resposta motora e de resposta verbal são convertidos numa pontuação que vai de 3 (coma profundo) a 15 (trauma leve). Com base nesse resultado numérico, o médico decide, por exemplo, se é necessário submeter o paciente à oxigenação mecânica

LEIA MAIS

É possível dormir de olho aberto?

O que acontece no nosso corpo quando desmaiamos?

É verdade que os olhos mais claros são mais sensíveis à luz?

Quantos megapixels têm o olho humano?

CONSULTORIA Gisele Sampaio Silva, neurologista do Hospital Albert Einstein (São Paulo)

FONTES Sites Abc.med.br, Infoescola e Northwestern University