Logo ME

Como a equipe da ME se sairia num apocalipse zumbi?

A equipe da ME discutiu internamente e imaginou como cada membro se sairia caso rolasse mesmo um apocalipse zumbi

zumbis

ILUSTRA Rainer Petter

Enquanto preparava a reportagem de capa da edição 186 da  MUNDO ESTRANHO (“Apocalipse Zumbi no Brasil”, nas bancas a partir de hoje, 27/9), o editor Marcel Nadale só conseguia pensar em uma coisa: como será que a equipe da ME se sairia numa situação como essa?

Ele repassou a dúvida aos colegas, para utilizar as respostas de todos na seção You&ME dessa mesma edição. Mas o designer Marcos de Lima, o mais palhaço do grupo, se adiantou e previu o destino de todos os membros da equipe – e fez um ranking de quem duraria mais tempo. Todos concordaram e parte dessa ranking foi parar na revista. Agora, você confere a lista completa:

1º) Marcel Nadale, editor:  “Para mim, o Marcel é disparado o que sobreviveriamais tempo. Provavelmente o mais saudável do grupo, o que daria resistência física pra fugir dos zumbis. Ele também teria um plano pra tudo. Se brincar, teria um plano para os quatro anos até a infecção acabar.” 

2º) Thales Molina, designer: “O Thales não seria tão regrado e não teria tanta resistência, mas teria um plano criativo pra matar muitos zumbis de uma vez só. Além de poder derreter todos os prêmios que já recebeu para transformar em balas, o que daria uma sobrevida pro grupo.” 

3º) Matheus Bianezzi, estagiário de texto: “É o mais jovem do grupo, e o mais jovem sempre sobrevive, para ainda termos um fio de esperança no futuro depois da infecção. E ele ainda sabe fazer cerveja, razão pela qual protegeríamos ele até o fim.”

+ Um apocalipse zumbi pode acontecer?

+ A anatomia macabra de um zumbi

4º) Bruna Sanches, editora de arte: “A Bruna manteria a calma e acho que isso ajudaria. Além de saber lutar kung fu.” 

5º) Marcos de Lima, designer: “Vou matar geral, sem pena. Mas posso entrar em uma situação que eu acho que consigo resolver e dar tudo errado. Pronto, morri.”

6º) Felipe Sali, estagiário de texto: “Algum dos mil empregos que ele teve antes da ME seria útil alguma hora. Mas ele seria atacado por uma legião de fãs zumbis.” [Nota do editor: autor do livro Mais Leve que o Ar, Sali é um fenômeno no Wattpad e conta com um grupo surpreendentemente empolgado de fãs]

6º) Juliana Caro, designer: “Não imagino a Ju matando zumbis, mas acho que ela faria pequenas coisas que fariam a gente se sentir humano por alguns segundos, tipo um jantar bom ou uma decoração fofa na casa.”

+ Como sobreviver a um apocalipse zumbi?

+ As dez melhores maneiras de se matar um zumbi

7º) Felipe Van Deursen, editor: “Não levaria a sério o apocalipse zumbi. RIP.” 

8º) Yasmin Ayumi, estagiária de arte: “Não tenho muita certeza sobre a Yasmin. Acho que a gente iria achar que ela seria devorada no começo, mas ela voltaria meses depois, mais irada e cheia de armas.” 

9º) Lucas Pasqual,  redes sociais: “Virou herói nacional por ter subido várias matérias sobre apocalipse zumbi (a audiência do site subiu 1000%). Mas não sabemos se ele tá vivo mesmo ou se os posts foram programados.”