Logo ME

Que alimentos do nosso dia a dia surgiram como remédios?

Imagine tomar Coca-Cola para melhorar a saúde? Ela e outros produtos surgiram nas farmácias, mas foram parar nos mercados

Medicina Maluca

ILUSTRA Rubens Gomes

Anti-Viagra

Em 1829, um líder religioso chamado Sylvester Graham resolveu criar um remédio que combatesse o desejo sexual. A solução? Uma comida sem graça, feita de ingredientes bem básicos, para ser beliscada sempre que pintasse a vontade de fazer safadeza. Eram as Graham Crakers, antepassadas da bolacha de água e sal, bem secas e simplórias

Reforço alimentar

O médico Will Keith Kellogg, criador dos Sucrilhos Kellogg’s, inventou o cereal matinal com flocos de milho em 1894 para melhorar a dieta dos pacientes de um hospital. Will também acreditava que a comida podia inibir desejos carnais – já que, segundo ele, o sexo era ruim para o bem-estar físico e mental

Nem precisa de dentadura

Como oferecer proteína para pacientes idosos, enfraquecidos e sem dentes, que não podem mastigar um belo bife? Esse era o desafio do médico Ambrose Straub. Em 1903, ele achou a solução: patenteou a manteiga de amendoim. Décadas depois, a invenção saiu dos hospitais e passou a ser comercializada por várias empresas alimentícias

Tomate na careca

Em 1822, o ketchup começou a ser vendido nos EUA como tempero e não continha tomate! Foi só em 1830, quando o médico Archibald Miles acrescentou o extrato do fruto à mistura, que o condimento passou a ser conhecido como uma salsa capaz de zerar várias enfermidades, como a calvície e a diarreia

Amargo mas poderoso

O drinque conhecido como gim tônica surgiu por volta de 1800, quando soldados ingleses na Guerra dos 80 Anos tentavam combater a malária tomando água tônica. Logo se descobriu que o líquido amargo tinha propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Para deixar a bebida mais agradável, adicionaram o gim

Para continuar bebendo

A Fernet Branca, um licor alcoólico supertradicional na Itália e na Argentina, surgiu, ironicamente, para acabar com ressacas! Criada por Bernardino Branca, em Milão, em 1845, sua fórmula contém mais de 20 ervas do mundo todo e supostamente também resolvia desconfortos menstruais, cólicas infantis e cólera

REFRI EXTRA PLUS

Várias marcas alegavam ter benefícios

Coca-Cola

A fórmula inventada pelo farmacêutico norte-americano John Pemberton, em 1886, era sugerida para tratar várias aflições, de dor de cabeça a impotência

Pepsi

Registros históricos indicam que ela foi criada em 1898 por Caleb Bradham para ajudar na digestão, graças à enzima pepsina. Hoje, porém, a empresa nega

7-Up

Virou febre em 1929 por ajudar a curar a ressaca. Continha citrato de lítio, um psicoativo estabilizador de humor, mas a substância foi retirada em 1950

Dr. Pepper

Anterior à Coca-Cola, começou a ser vendido em 1885, pelo farmacêutico Charles Alderton, como uma espécie de tônico estimulante para o cérebro

 

ESSA MATÉRIA FAZ PARTE DA REPORTAGEM TEM CERTEZA, DOUTOR?,SOBRE A HISTÓRIA DA MEDICINA. CONFIRA AS OUTRAS PARTES

11 tratamentos bizarros já propostos pela medicina no passado

Que partes do corpo humano já foram consideradas remédio?

Que drogas já foram consideradas remédio pela medicina?

 

FONTES A História da Medicina: Das Primeiras Curas aos Milagres da Medicina Moderna, de Anne Rooney, A Assustadora História da Medicina, de Richard Gordon, Snake Oil Science: The Truth about Complementary and Alternative Medicine, de R. Barker Bausell, New Guide to Medicine and Drugs, da British Medical Association, Strange Medicine: A Shocking History of Real Medical Practices Through the Ages, de Nathan Belofsky, e Why You Should Store Your Farts in a Jar, de David Haviland