Logo ME

Como será a primeira cidade 100% sustentável do planeta?

Ela empregará apenas energias renováveis, reutilizará todo o lixo que produz e terá apenas transporte público movido a eletricidade

masdar city - planta baixa

Ela empregará apenas energias renováveis, reutilizará todo o lixo que produz, terá apenas transporte público (movido a eletricidade) e neutralizará toda a sua emissão de gás carbônico. Parece sonho, mas está virando realidade desde 2008, em um deserto nos Emirados Árabes Unidos,a 30 km da capital, Abu Dhabi. Por enquanto, Masdar (“fonte” em árabe) é apenas um canteiro de obras em torno de seis prédios e uma universidade, mas, até 2030, quando ficar pronta, seus 6 km2 abrigarão 40 mil pessoas e apenas empresas não poluidoras. O custo do projeto será de cerca de US$ 22 bilhões.

torre de energia eólica

Movida a sol e vento

Como a região recebe quase 12 horas diárias de sol, usinas solares com imensos painéis foram distribuídas estrategicamente ao redor do empreendimento. Uma torre de energia eólica de 45 m (o equivalente a um prédio de 15 andares) captará as correntes de ar frio e também informará aos moradores a quantidade de energia consumida no dia

veiculos

O pedestre é rei

Todos os veículos serão públicos, elétricos e automatizados e só circularão no subsolo. Por meio de totens eletrônicos, qualquer um poderá solicitar um carro para até quatro pessoas. Aí, é só digitar o endereço de destino no computador de bordo. Haverá também transporte coletivo em trilho suspenso, com partidas rumo a Abu Dhabi a cada meia hora

ruas estreitas

Vá pela sombra

Quem planeja uma cidade do zero tem a vantagem de poder “mexer” nos seus elementos climáticos. Para aproveitar a brisa do deserto, Masdar será erguida sobre uma elevação de 7 m. E, para evitar a incidência do sol escaldante da região, as ruas serão estreitas, potencializando a canalização do vento e a formação de sombras

instituto de ciência e tecnologia

Coração e cérebro

A obra está crescendo em torno do Instituto de Ciência e Tecnologia, um prédio de 163 mil m2, que abriga um braço do aclamado Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) dos EUA. Ela reúne pesquisadores e professores interessados em aprimorar as soluções de sustentabilidade. Já conta com 337 estudantes de 39 países (incluindo brasileiros)

arquitetura

Prédios espertos

Até aarquitetura dos prédios é controlada. Eles terão design inteligente, altura máxima de 40 m e painéis solares no telhado. Elementos estruturaiscomo madeira certificada e paredes duplas facilitarão o isolamento térmico. Serão abastecidos com água do mar da Arábia dessalinizada, reaproveitada após o uso.Um dos objetivos é consumir 50% menos água do que a média mundial. Além disso, sensores nos edifícios desligarão automaticamente fogões, chuveiros e luzes acionados há muito tempo

praça central

Projeto com grife

O projeto urbanístico, encabeçado pelo famoso arquiteto inglês Norman Foster, inclui estações de tratamento de água e esgoto e centros de reciclagem. As diversas áreas arborizadas darão preferência a espécies que produzem biocombustíveis.Apraça central terá toldos que vão abrir e fechar ao longo do dia, de acordo com a temperatura

siemens

Polo corporativo

Uma das razões para os Emirados construírem Masdar é “limpar aconsciência”: atualmente, o país depende muito do petróleo abundante em seu território e tem uma das maiores taxas per capita de consumo de energia.A cidade pretende atrair até 1.500 empresas sustentáveis com um pacote de incentivos. General Electric, Mitsubishi e Siemens já estão confirmadas

jardins

A terra há de comer

Masdar já recicla 86% dos resíduos da própria construção.A madeira é picada e aplicada em áreas ajardinadas e o concreto é moído e reutilizado no preenchimento do solo. Para restos orgânicos,a comunidade terá usinas públicas de compostagem, cujo adubo será usado nas áreas verdes. Moradores também receberão composteiras domésticas

LEIA MAIS

Como fazer sexo ecológico?

Que alimentos estão em risco de extinção?

O que foi a Eco 92?

Como funciona a lâmpada de garrafa PET?

FONTES Sites BBC, EXAME, Masdar e Foster and Partners