Clique e assine a partir de 5,90/mês
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Com medo de possível saída do Reino Unido, União Europeia arquiva projeto sobre bules elétricos

Por Lucas Massao - Atualizado em 4 jul 2018, 20h35 - Publicado em 1 mar 2016, 14h09

Bule

Os britânicos amam chá. Mas amam muito mesmo. Provavelmente mais do que a galera de Game of Thrones ama vinho, e olha que eles são chegados na bebida. A paixão dos britânicos pelo líquido é tamanha que, de acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto YouGov, cerca de 876 xícaras de chá são consumidas anualmente por cada indivíduo.

Em certos momentos do ano, como em intervalos de programas populares de TV, a National Grid, a companhia elétrica do Reino Unido, precisa reforçar sua infraestrutura para aguentar o fluxo de energia puxado pelos bules ferventes.

O amor pela infusão fez com que a União Europeia arquivasse sorrateiramente um projeto que pretendia banir eletrodomésticos com alto consumo de energia, visto que esses aparelhos causam danos ambientais a longo prazo. A medida, no entanto, sumiu da pauta de votações.

Segundo o jornal Financial Times, o órgão teme que o banimento possa causar uma retaliação por parte do governo britânico, podendo até resultar na saída do país da UE. Um oficial de alto escalão da organização confirmou a suspensão do projeto regulador desse tipo de eletrodoméstico, já que as regras podem “ser sensíveis para britânicos, verdadeiros fascinados por bules e torradeiras”.

Em 2014, a União Europeia introduziu um programa responsável por retirar aspiradores de pó de alta voltagem da zona do euro. No entanto, antes que os aparelhos saíssem de linha, os britânicos praticamente assaltaram as lojas de departamento em busca das máquinas.

Com The Independent.

Continua após a publicidade
Publicidade