Logo ME

Fazendeiro combate desperdício de comida com 300 milhões de baratas

O fazendeiro chinês Li Yanrong, de Zhangqiu, pensou em uma solução criativa: usar 300 milhões de baratas-americanas (Periplaneta americana) para se livrar de quase 15 toneladas de comida desperdiçada por dia nos restaurantes da região.

Segundo Li, que deixou a vida corporativa há três anos para se dedicar à criação dos bichos, “essas baratas não têm medo de nada mole, duro, azedo, doce, amargo ou picante”. O processo funciona da seguinte maneira: diariamente, os estabelecimentos depositam na fazenda de Li os restos de comida, que são moídos e servidos em um tubo para as baratas. Os insetos que morrem são recolhidos, triturados e fornecem uma dose adicional de proteína.

O problema de Li também é uma questão nacional. A China gera, segundo dados governamentais, 60 milhões de toneladas de restos de comida por ano, e a maioria é processada pela fermentação, um sistema caro e ineficiente que também polui o ambiente. De acordo com Li, os planos são expandir de 300 toneladas de baratas para 4 mil toneladas do inseto, assim, a capacidade de processamento iria para 200 toneladas diárias, o suficiente para lidar com os desperdícios de Zhangqiu e as cidades vizinhas.

A barata-americana, a típica barata encontrada em cidades brasileiras, tem cerca de 4 cm centímetros e um ciclo de vida de 700 dias. O inseto, curiosamente, tem sido usado com cada vez mais frequência na medicina chinesa em cremes e loções para tratar ferimentos e reconstruir danos em tecidos. A maior fábrica do mundo, em Xichang, cria 6 bilhões de baratas por ano para a indústria farmacêutica.

Com Vice

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s