Logo ME

De onde veio a frase “Houston, temos um problema”?

Após uma série de problemas, a missão de chegar até a Lua foi abortada e o desafio dos três astronautas passou a ser chegar com vida à Terra

Essa frase célebre foi dita pelo astronauta Jack Swigert durante a viagem da Apollo 13 à Lua, em 11 de abril de 1970, com três tripulantes. Após ouvir um estranho ruído, eles descobriram que um dos tanques de oxigênio havia explodido. Foi aí que Swigert avisou a base, em Houston, sobre o problema. Como houve uma falha na comunicação, o comandante Jim Lovell teve que repetir o alerta e ficou conhecido como o autor da frase. O mais curioso é que a sentença original era “Houston, we¿ve had a problem here” (Houston, nós tivemos um problema aqui). Mas, os produtores do filme Houston, We¿ve Got a Problem (1974) achavam que essa expressão dava a entender que a falha já havia sido resolvida. Eles, então, modificaram a frase para “Houston, we have a problem”, para que ela tivesse mais impacto e pudesse ser usada em outras ocasiões – como no filme Apollo 13 (1995), protagonizado por Tom Hanks.

Operação: de volta para casa

Após uma série de problemas, a missão de chegar até a Lua foi abortada e o desafio dos três astronautas passou a ser chegar com vida à Terra

1. Logo após o lançamento, o primeiro susto: uma vibração chamada “efeito pogo”, decorrente da queima espontânea de combustível, fez o motor central do foguete parar de funcionar. Mas os outros quatro auxiliares compensaram a falha e conseguiram levar a espaçonave até a órbita terrestre

2. No segundo dia de viagem, um estrondo. Um tanque de oxigênio explodiu no módulo de serviço da nave, onde ficam as células de combustível e os suprimentos da viagem. Os tripulantes avisaram a base sobre o problema e tiveram a missão abortada

3. A tripulação desligou o módulo de comando e se alojou no módulo lunar, usado somente para pousar na Lua. Sem combustível e com suprimentos para apenas duas pessoas por 36 horas, o jeito foi racionar água e oxigênio, com cada um podendo tomar apenas 200 ml de água por dia!

4. Os náufragos do espaço precisaram filtrar o gás carbônico, produzido pela respiração. Para isso, encaixaram um filtro quadrado em um tubo cilíndrico. Da Terra, engenheiros ensinaram uma gambiarra com mangueiras, que ficou conhecida como “caixa de correio”, salvando a vida dos astronautas

5. Depois de estudar várias possibilidades para trazer a Apollo 13 de volta, a Nasa decidiu que a melhor estratégia seria usar a gravidade lunar. Para isso, foi preciso utilizar o motor de pouso para mudar a trajetória da nave. Sem computadores para recalcular a rota, o comandante Lovell e sua equipe se orientaram pelas estrelas para reposicionar o módulo. Com um empurrãozinho da Lua, foi iniciado o retorno

6. A energia do módulo de comando, desligado após a explosão do tanque de oxigênio, foi restabelecida para controlar a entrada na atmosfera terrestre. A tarefa, porém, não foi fácil, já que a temperatura não passava dos 4 oC e a umidade havia criado placas de gelo sobre os painéis elétricos

7. Ao se aproximar da Terra, a nave perdeu contato com a Nasa por seis minutos, mas conseguiu entrar na atmosfera. Quase seis dias após a decolagem, a Apollo 13 mergulhou no Oceano Pacífico – próximo à ilha de Samoa. Os astronautas foram resgatados pelo navio Iwo Jima, que navegava a 6,5 km do local da queda

Cronologia dos fatos

11 de abril de 1970, 13h13 de Houston

Decolagem do foguete Saturno V com a Apollo 13, no Kennedy Space Center (Flórida)

11 de abril, 13h25

Motor central do foguete para de funcionar

13 de abril, 21h07

Explosão no tanque de oxigênio. Tripulação emite alerta: “Houston, nós tivemos um problema aqui”

14 de abril, 20h40

Tripulantes usam a gravidade lunar e colocam a espaçonave em direção a Terra

17 de abril, 11h53

Na reentrada na atmosfera terrestre a Apollo 13 perde comunicação com Houston por seis minutos

17 de abril, 12h07

A espaçonave mergulha no Oceano Pacífico e os astronautas são resgatados com vida

Eles foram avisados

Para os supersticiosos, a missão da Apollo 13 tinha tudo pra dar errado

Número do azar

Muita gente não botou fé que a espaçonave, que leva o “13”em seu nome, pudesse ser bem-sucedida na missão. E, para completar a numeralha do mal, o lançamento aconteceu às 13h13, e a explosão, no dia 13.

Premonição

A mulher do comandante Jim Lovell, Marilyn, disse ter tido um pesadelo, no qual a Apollo 13 explodia logo após deixar a Terra.

Substituição

Uma semana antes do lançamento, um dos astronautas, Ken Mattingly, ficou doente e precisou ser substituído. Lovell quase deixou o comando da missão por não confiar no substituto, Jack Swigert. Mas, como não queria perder a chance de pisar na Lua, aceitou a mudança.

FONTES: Nasa, IMDB, VEJA, SUPERINTERESSANTE, braeunig.us

CONSULTORIA: Marcos Pontes, astronauta

LEIA MAIS

– Como se tornar um astronauta?

– Como é a vida na estação espacial?