Logo ME

Por que algumas roupas encolhem quando são lavadas?

Pode parecer esquisito, mas isso acontece porque os tecidos já são encolhidos por natureza. Na verdade, a grande mudança ocorre durante o processo de fabricação, quando as roupas passam por máquinas que esticam suas fibras, que são naturalmente encolhidas. Isso quer dizer que todo o vestuário das lojas está com seus fios estressados e sob tensão. “Mas com o tempo eles tendem a relaxar, recuperando o formato original”, diz o engenheiro Paulo Alfieri, da Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), em São Bernardo do Campo (SP). Com o bate-bate da máquina ou do tanque, as fibras relaxam rapidinho. Para evitar esse efeito tão indesejável, as fábricas apostam nas roupas pré-encolhidas, quando o tecido já vai para a loja lavado ou comprimido por máquinas especiais. Esses processos não funcionam 100%, mas pelo menos garantem que o tecido não encolha tanto quando chegar ao guarda-roupa.

Entretanto, o único jeito de eliminar de vez o problema é usar fibras sintéticas, como as de náilon ou de poliéster, que são bem mais estáveis e possuem mais maleabilidade. A desvantagem é que as fibras sintéticas não são macias como os tecidos naturais. Para reduzir o desconforto, vários fabricantes misturam fibras naturais e sintéticas na mesma peça. É o caso das roupas do tipo Lycra, que fundem algodão com elastano. “Imagine que uma blusa feita com esses dois tecidos tenha encolhido, digamos, 5% na largura. Se o elastano permitir que a roupa estenda cerca de 35%, ela volta normalmente ao tamanho que tinha antes”, afirma Paulo.

Estica e puxa
Na primeira lavagem, as fibras estiradas artificialmente se reaproximam

Redução natural

Roupas feitas com algodão, por exemplo, saem da fábrica com as fibras estiradas. Nessa situação, suas moléculas deslizam umas sobre as outras, repuxando toda a estrutura. Depois de lavadas, as fibras tendem a voltar ao seu estado natural, com as moléculas mais juntinhas. O resultado é que as roupas acabam encolhendo. A mesma coisa acontece com todos os outros tecidos naturais, como linho e lã, e alguns artificiais, como viscose e raiom

Imunidade sintética

Tecidos sintéticos como o náilon ou o poliéster praticamente não encolhem. O segredo é que esses tecidos se comportam basicamente como plásticos: suas fibras são construídas a partir de derivados do petróleo e podem facilmente ser moldadas na fábrica. Mais maleáveis e estáveis, as roupas de tecidos sintéticos chegam ao guarda-roupa com um tamanho já fixado. Seu encolhimento é desprezível, mas elas são bem menos macias que os tecidos naturais