Logo ME

Qual o maior astro do Universo?

Comparamos os tamanhos da Terra, do Sol, da estrela mais brilhante do Universo e da maior estrela do Universo

É a estrela VY Canis Majoris, com cerca de 2,7 bilhões de km de diâmetro, ou seja, mais de 3 milhões de vezes maior do que o Sol. No entanto, utilizar o termo “astro” para falar de planetas, estrelas, meteoros e outras estruturas que compõem o Universo é impreciso cientificamente, segundo Enos Picazzio, do Instituto de Geofísica da USP.

Além disso, o astrônomo explica que “há estruturas espaciais muito maiores, como as galáxias, que são aglomerados de estrelas, e os superclusters (agrupamentos de galáxias)”. A MUNDO ESTRANHO, entretanto, preferiu investigar o tamanho de corpos celestes únicos e manter a escala de medição em quilômetros. Galáxias e superclusters, para dar uma noção, são medidos em anos-luz, e cada ano-luz equivale a 3,5 mil VY Canis Majoris.

 

(Reprodução/divulgação/Divulgação)

TERRA
Diâmetro: 12,7 mil km
Quinto maior planeta do sistema solar, o diâmetro da Terra foi calculado pela primeira vez pelo grego Eratóstenes, em 250 a.C., por meio de relações matemáticas. Hoje, essas medidas, cada vez mais precisas, são obtidas por meio de equipamentos especiais e satélites.

 

(Reprodução/divulgação/Divulgação)

SOL
Diâmetro: 1,39 milhão de km
A maior estrela do Sistema Solar é café pequeno perto de outras vizinhas luminosas, mesmo dentro da nossa galáxia, a Via Láctea. Ainda assim, é quase 12 mil vezes maior que a Terra e contém cerca de 98% da massa total do nosso sistema planetário.

 

(Reprodução/divulgação/Divulgação)

RIGEL
Diâmetro:
101,5 milhões de km
A estrela mais brilhante do Universo tem 73 vezes o diâmetro do Sol. Por ser jovem, essa supergigante azul ainda tem muito hidrogênio para queimar e, por isso, irradia uma luz muito intensa. Pela distância em relação à Terra, porém, é apenas a sexta mais luminosa no céu.

 

(Reprodução/divulgação/Divulgação)

VY CANIS MAJORIS
Diâmetro:
2,7 bilhões de km
Registrada pela primeira vez em 1801, foi medida em 2006 por cientistas da Universidade de Minnesota, que utilizaram o telescópio Hubble. A maior estrela já identificada emite tanta energia que a estimativa é de que ela “morra” daqui a 3,2 mil anos, em uma explosão.

 

Veja também

 

(Reprodução/divulgação/Divulgação)

O maior asteroide já registrado é o Ceres, com 950 km de diâmetro, pouco mais que a distância entre São Paulo e Goiânia.

Veja também

FONTE Nasa

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!