Logo ME

10 filmes com cenas de sexo reais

Não, não estamos falando de pornô. Nestes filmes, os atores foram colocados para transar de verdade

Esqueça os vídeos pornôs ou aquelas produções em que vez ou outra aparece uma bundinha de fora. O que vem a seguir são obras da sétima arte em que os atores tiveram que atuar e ainda praticar sexo não simulado frente às câmeras.

1) Love (2015)

 (Divulgação/Reprodução)

O cineasta argentino Gaspar Noé chocou o público e a crítica com duas horas de muito sexo, incluindo masturbação, nudez frontal, ereção e ejaculação. Tudo real, e em 3D. As cenas, pra lá de instigantes, retratam as memórias safadas do protagonista de seu filme. Há relatos de expectadores que estiveram no Festival de Cannes e deixaram as poltronas antes dos dez minutos iniciais do longa. Polêmico, Noé também dirigiu Irreversível (2002), que foi duramente criticado por enfatizar a violência sexual.

2) 9 Canções (2004)

 (Divulgação/Reprodução)

Para quem tem más intenções no escurinho, esse filme é uma boa pedida. A história se passa em Londres e explora em detalhes apimentados a relação amorosa do casal de roqueiros Matt e Lisa. Sem rodeios, é um filme com cenas variadas de sexo e masturbação entre os atores, intercaladas por nove apresentações de bandas alternativas, como Primal Scream e Dandy Warhols. Segundo o jornal The Guardian, “foi o filme popular mais sexualmente explícito” até a atualidade.

3) The Brown Bunny (2003)

 (Divulgação/Reprodução)

Um filme com orçamento de 10 milhões de dólares não precisava que o diretor desempenhasse a função de roteirista, câmera, produtor e ator principal. O americano Vincent Gallo fez tudo isso no filme em que conta a trajetória de um homem solitário em busca do amor perdido. Para interpretar sua musa dos sonhos, ele convidou a atriz Chlöe Sevigny, que pagou um alto preço por sua atuação. Os dois fizeram uma cena de sexo oral que levou à ruptura de vários contratos da estrela para papéis em filmes mais tradicionais.

4) Calígula (1979)

 (Divulgação/Reprodução)

Se no século 21 um peitinho de fora ainda causa polêmica, imagine há 40 anos. Não é à toa que esse retrato cult dos pecados cometidos pelo Império Romano seja considerada uma das obras mais obscenas da história moderna. Na versão sem cortes do diretor Tinto Brass é possível conferir cenas de sexo oral, penetração, orgias e até paródias de estupro. Mas o que choca é reconhecer no elenco astros de peso da atualidade. Helen Mirren, que em 2007 ganhou o Oscar por sua recatada rainha Elizabete 2ª, está irreconhecível.

5) Um Estranho no Lago (2013)

 (Divulgação/Reprodução)

Nessa produção francesa sem pudores, o destaque é um lago usado por naturistas homossexuais em busca de aventuras carnais. Há nudez frontal e sexo oral. Em entrevista à revista Cahiers du Cinema, o diretor e roteirista Alain Guiraudie confessou que no filme é possível ainda reconhecer os mais variados perfis de gays. Segundo ele, do cara pegador ao que se apaixona quando deveria encarar a situação como algo passageiro.

6) Shortbus (2006)

 (Divulgação/Reprodução)

A trama tem como ponto de partida um club de Nova York frequentado por vítimas do preconceito. Ali, homossexuais, obesos e idosos, por exemplo, não só se sentem acolhidos como podem praticar suas taras sexuais. Para entrar no clima da história e não constranger os atores nas cenas de sexo, a equipe técnica do filme preferiu trabalhar nua.

7) Hotel Desire (2011)

 (Divulgação/Reprodução)

O curta, apesar de dirigido por um jovem alemão de apenas 28 anos, retrata, com maturidade, os efeitos da abstinência sexual. Dos 38 minutos de duração, dez são dedicados a apenas uma tomada erótica, com direito a penetração, sexo oral e closes de órgãos genitais. A obra tem como personagem principal uma mãe solteira que acaba cedendo às suas paixões secretas e se envolve com um hóspede do hotel em que trabalha como camareira.

8) Romance (1999)

 (Divulgação/Reprodução)

O título até que é meiguinho, vai? Mas não se engane achando que se trata de uma história de amor, porque não é. Muito pelo contrário. Uma professora cansada do relacionamento morno com seu namorado engata uma aventura sexual com o diretor da escola. Apesar de destacar nudez frontal, cenas de masturbação e penetração, o filme, dirigido pela francesa Catherine Breillat, também leva a uma reflexão: será a traição um meio lícito para sobreviver a um amor arranhado pela rotina?

9) Intimidade (2001)

 (Divulgação/Reprodução)

Se coloque no lugar do protagonista: um cara que leva uma vida solitária, não ganha bem e ainda tomou um chute no traseiro da esposa que, de quebra, levou seus dois únicos filhos. Triste, não é? Mas o que era para ser um dramalhão, até que esquentou um pouco. Sem cair no clichê dos filmes românticos, o diretor Patrice Chéreau criou uma alma “quase gêmea” para o personagem. O resultado? Cenas de sexo selvagem, de rolar pelo chão da casa, muita paixão, discussões, mas nenhum compromisso formal.

10) Anticristo (2009)

 (Divulgação/Reprodução)

O que era para ser um passatempo gostoso virou um terror sexual nas mãos do diretor Lars Von Trier. No início, as cenas até que são excitantes e poéticas, mas depois o filme entra numa atmosfera sombria, com direito a tesouradas, masturbação e machadadas, tudo junto. Nem mesmo o ator principal salva o tesão. Foi Willem Dafoe, que fez o vilão Norman Osborn de Homem-Aranha (2002).

FONTES sites IMDb, The Guardian e Rollingstone.com

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Bacana para ver filmes online e download acessem https://tecfilms.info

    Curtir