Logo ME

Como era o ritual assassino de Dexter?

Embora o show seja ficção, aplica muito do que se sabe sobre matadores em série na vida real. É comum, por exemplo, que eles cometam seus crimes de modo ritualístico

ILUSTRA Davi Augusto

Dexter Dexter

Dexter (/)

Embora o show seja ficção, aplica muito do que se sabe sobre matadores em série na vida real. É comum, por exemplo, que eles cometam seus crimes de modo ritualístico e, depois, guardem algum suvenir da vítima. Tanto o ritualquanto o “troféu” são uma maneira de reviver (ou antecipar) a matança – única fonte genuína de prazer de um serial killer.Dexter sabe bem o que é isso e, com raras exceções, tende a cumprir um rígido procedimento antes de despachar mais um bandido.

1. Pode parecer contraditório, mas Dexter é um assassino com princípios. Eles foram determinados no Código de Harry, criado por seu pai adotivo. A primeira regra é “nunca seja pego”. A segunda é “jamais matar um inocente” – por isso,Dexter só elimina assassinos que tenham escapado da Justiça

2. É preciso levantar provas de que a “vítima” escolhida é realmente culpada.Dexter costuma recorrer a uma combinação do “racional” (o banco de dados da polícia) e do “emocional” (a intuição do seu “cérebro de lagarto”). Ele não se incomoda de vigiar a presa (ou violar leis) para pegá-la em flagrante

3. Como perito forense em vestígios,Dexter sabe como criar o “crime perfeito”, que não deixa nenhuma pista. Antes de render a presa, escolhe algum lugar isolado para ser sua “sala da matança”. Pode ser um quarto, um chalé, um contêiner ou até mesmo um depósito num aeroporto movimentado

4. Para evitar a contaminação com sangue, a sala é inteiramente revestida de filme plástico, grampeado nas paredes ou preso com fita adesiva.Dexterusa luvas (para não deixar impressões digitais), avental e, às vezes, óculos. Opcional: espalhar fotos ou objetos das pessoas que a presa assassinou

5. Quando o “palco” está pronto, é hora de trazer a “estrela” do show. Em um encontro casual ou uma emboscada,Dexter costuma dopar suas vítimas com o sedativo M99 e trazê-las à sala da matança. Entre três e seis horas depois, ela acorda presa com filme plástico numa mesa central, totalmente pelada

6.Dexter gosta que a presa esteja ciente quando morre. Em muitos casos, tenta confrontá-la com imagens de suas vítimas ou extrair algum tipo de confissão. Aí, é hora de fazer um leve talho no rosto dela, colher o sangue e guardar uma gota em uma lâmina científica de vidro – seu estimado “troféu”

7. O golpe fatal costuma ser uma única apunhalada, no centro do peito ou no coração. É essencial ao ritual que o sangue escorra pelo filme plástico. A vítima morre em segundos.Dexter corta o corpo em pedaços, guarda-os em sacos de cadáver e, mais tarde, em sua lancha, joga-os ao mar