Logo ME

5 fetiches estranhos: roupa de lycra, balão, inseto esmagado…

Tem quem goste de sovaco, outros adoram bexiga. Com respeito e bom senso, vale (quase) tudo

 

DANDO UM AMASSO
O “crush fetish” não tem nada a ver com a paixonite que você tem pelo seu crush. “Crush” é literalmente “esmagar”: os adeptos dessa prática sentem prazer destruindo pequenos objetos (ou até insetos) durante o sexo. Haja coordenação!

 

 

 (Marcy_Anarchy/Wikimedia Commons)

DOS PÉS À CABEÇA
Tirar a roupa é coisa do passado. A moda agora é vestir-se até não sobrar um único pedaço de pele exposta. São os adeptos da prática japonesa zentai. Eles usam um macacão de lycra especial que cobre até o rosto e se esfregam no seu parceiro.

 

 

 (Pexels/Reprodução)

FELIZ ANIVERSÁRIO
Looner é o nome de quem tem fetiche por… balões infláveis! Eles gostam de transar enquanto se esfregam em bexigas ou só abraçá-las e estourá-las. Existe até uma festa mensal em Nova York dedicada a quem curte encher o látex.

 

 

 

 (ancca/Reprodução)

GUGU-DADÁ
Se você encontrar um(a) parceiro(a) adulto(a) que goste de usar fralda, mamadeira e ficar em berços gigantes, não dê risada. São os adeptos do infantilismo, que sentem prazer em ser tratados como bebês. Eles esperam que o(a) companheiro(a) libere a babá que existe em si.

 

 

 (Pexels/Reprodução)

VIVA O CC
Toda parte do corpo humano pode ser uma zona erógena. Até aquelas que, para outras pessoas, podem parecer nojentas – como o sovaco! O fetiche é conhecido como axilismo e pode envolver pelos, suor, desodorante e outros complementos.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!