Logo ME

Como é feita a Mundo Estranho?

Veja como é feita a Mundo Estranho

1– O primeiro passo é definir que matérias vão entrar na edição – e isso é feito com a ajuda dos leitores. Dentre milhares de perguntas e sugestões enviadas, algumas são escolhidas para publicação. Em seguida, rola uma divisão das matérias entre designers e editores

2– Cada pergunta é enviada para um repórter que, após consultar especialistas e livros, se reúne com designer e editor para discutir o formato da reportagem. Se escolhemos usar infográficos ou ilustrações complexas, o designer convida um ilustrador para participar de uma segunda reunião

O ilustrador envia rascunhos para aprovação de designer e editor antes de finalizar a ilustra

3– A edição das matérias começa com o editor recebendo o texto do repórter, checando informações e adaptando o estilo à linguagem da ME. O texto editado é aplicado, pelo designer, em um arquivo com espaços bem definidos para ilustração e texto. O último passo é aplicar a arte-final

Enquanto rola a edição, a ilustração e o texto da capa são bolados sob aprovação da chefia

4 – Nem só de jornalismo vive uma revista. Por isso, a ME oferece algumas páginas para anunciantes. O pessoal da publicidade faz contatos com agências e empresas interessadas em se comunicar com os seletos leitores estranhos

5– Com matérias editadas e espaços publicitários definidos, começa o fechamento. É hora de revisar os textos e numerar as páginas. Os arquivos com textos e ilustrações, diagramados no software InDesign, são transformados em formato PDF antes de ser enviados para a gráfica

6- Antes da impressão é preciso definir quantidade de páginas, tipo de papel, se vai entrar algum encarte – como este pôster – e prazo de lançamento. Também é preciso avaliar a expectativa de vendas pelo Brasil antes de definir a tiragem – número de exemplares – da edição

Para esta edição ME 100 que você tem em mãos, foram impressos 173 mil exemplares

7- A revista chega aos leitores de todo o Brasil – e até de outros países – por correio. Para chegar às bancas, a ME viaja de caminhão, de avião e até de barco. Graças a um trabalho de fidelização e de captação de novos leitores, a ME já tem mais de 57 mil assinantes

8- Enquanto você se diverte lendo a ME, uma equipe de marketing trabalha para criar promoções e produtos para leitores – dando visibilidade à marca MUNDO ESTRANHO. Assim, a revista é apresentada a novos leitores e a parceiros comerciais e publicitários

9– Para tudo funcionar, só com muita organização: desde o cadastro e lançamento de pagamentos para repórteres e ilustradores – que não trabalham dentro da redação – até o momento de ler e responder mensagens de leitores com sugestões e críticas à revista

ME NA REDE

A ME tem vários canais de comunicação na internet, além do mundoestranho.com.br Uma equipe de cinco pessoas mantém, no site da MUNDO ESTRANHO, o banco de dados mais curioso do mundo, com todas as perguntas respondidas pela revista desde 2002. Além disso, a ME tem comunidades no Orkut e no Facebook, além do perfil no Twitter. Ah, e todo mês rolam dois eventos em que a gente entra em contato direto com quem é louco por curiosidades: no chat, via MSN convidamos alguns de vcs para avaliar a revista. Via twitcam, dois representantes da redação batem um papo, em vídeo, com os leitores.

Ilustrações: Davi Calil