Logo ME

Onde dói mais fazer uma tatuagem?

USMC-02855

Não há um lugar do corpo específico onde se sente mais dor. Existem áreas mais dolorosas e sensíveis por estarem localizadas em proeminências ósseas e também nos tendões (como as mãos e os pés), onde os feixes nervosos são mais superficiais ou onde o tecido gorduroso é mais escasso. Fora isso, o nível de dor pode variar bastante de pessoa para pessoa – afinal, cada um consegue suportá-la de uma maneira diferente. O processo de tatuar é geralmente doloroso porque causa uma lesão leve em duas camadas da pele: a epiderme e a derme. Por serem mais estáveis, as células da derme conseguem fixar a tinta, de modo que o desenho da tatuagem permaneça nítido na pele por muito tempo.

-A profundidade com que a agulha penetra na pele varia de 0,3 a 0,5 mm

-O filtro solar é seu aliado! Com o tempo, a radiação ultravioleta faz com que a tattoo perca a cor e a nitidez

AGUENTE, SE PUDER!

Quer tatuar a cara ou os pés? Então se prepare para sofrer

Rosto

É onde passa o nervo trigêmeo, que torna a face sensível desde a testa até a região mandibular. Há quem diga que tatuar perto da boca causa uma dor quase insuportável

Virilha

Há vários nervos que vão para as áreas genitais e que são extremamente sensíveis. Como a pele por ali também é mais rala, a dor acaba sendo maior

Tornozelo

A dor é moderada se comparada às outras partes do corpo. Para alguns, o sofrimento é maior porque o tecido gorduroso é mais escasso e a pele fica mais perto do osso, criando um atrito

Costela

Os ossos são o problema nessa região, principalmente se a pessoa é mais magrinha. Isso sem falar dos nervos que passam por ali

Pernas e braços

Na face interna dos dois membros, a pele é delicada. Experimente dar um beliscão e você sentirá o drama. Agora, imagine agulhas furando ali…

Mãos e pés

No dorso dos membros, a pele é mais fina e, por isso, as terminações nervosas ficam mais superficiais e expostas às agulhadas

LEIA MAIS

– Como surgiu a tatuagem?

– Como se retira uma tatuagem?

FONTES Fabíola Viterbo, da Sociedade Brasileira de Dermatologia; Carlos Alberto Komatsu, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica; Christiana Blattner, dermatologista; Alexandre Giangiulio Peixoto (Nany), tatuador do estúdio Led’s Tattoo; Eric Sazzolino Schwartz (Boreu), tatuador e representante da Associação dos Tatuadores e Perfuradores do Brasil do DF