Logo ME

5 dúvidas e 4 teorias sobre a suposta morte de Osama Bin Laden

Sumiço no corpo do terrorista e mistérios na operação que o matou são prato cheio para conspirações

AS 5 DÚVIDAS

Detalhes mal explicados nas versões conflitantes da morte do terrorista

1) A mansão

osama bin laden1

O criminoso mais procurado do mundo “escondia-se” em plena vista: numa grande casa em Abbottabad, a 50 km da capital paquistanesa, Islamabad – e a 270 km da fronteira com o Afeganistão, onde os EUA concentraram seus esforços de busca por dez anos. Como ninguém notou Osama ali? A cidade é densamente povoada e a mansão ficava a menos de 2 km de uma academia militar

2) O helicóptero

osama bin laden3

Um dos cinco helicópteros usados pela equipe que capturou e eliminou Osama foi explodido após a operação. Por quê? A alegação é que ele foi pego em um redemoinho criado pelas próprias hélices e teve de fazer um pouso de emergência. O veículo, um Black Hawk modificado, teria sido detonado para evitar o roubo de tecnologia antirradar pelos paquistaneses

3) A identificação

osama bin laden2

Há, sim, fotos do cadáver. A CIA utilizou uma delas em um software de reconhecimento facial, que teria dado 95% de certeza de que o corpo era mesmo de Osama. Outros detalhes do processo de identificação foram omitidos, como qual DNA foi usado como base de comparação para o teste aplicado no corpo. Mas, como nenhuma das imagens foi divulgada, não há prova definitiva da morte do terrorista.

4) A rendição

Osama estava ou não armado? Primeiros relatos descreviam um Bin Laden armado com um rifle AK-47. Informações posteriores diziam que ele estava desarmado. Sua filha, presente na mansão, teria dito a um oficial paquistanês que Osama foi amarrado, arrastado e executado na frente da família. Oficialmente, a ordem era capturá-lo vivo. Então o que impediu que isso fosse feito?

5) O “enterro”

osama bin laden4

O governo americano alegou ter despejado o corpo no mar da Arábia dez horas após a execução, seguindo rituais que respeitariam as leis muçulmanas para pessoas que morreram no mar (o que, claro, não foi o caso de Osama). Os EUA alegam que descartaram o sepultamento para não criar um possível local de peregrinação para terroristas. Se houve um corpo, nunca será encontrado

AS 4 TEORIAS

osama bin laden6

1) Apreendido

Pouco crível, mas popular na internet: Osama Bin Laden estaria sob custódia para ser interrogado em uma base militar americana (como a infame Área 51). Mas é difícil crer que o governo dos EUA se arriscaria a burlar os procedimentos legais corretos com uma figura de tamanho interesse público mundial

2) Morto há anos

Para o analista político americano David Ray Griffin, que publicou um livro sobre o tema em 2009, Osama já estava morto desde dezembro de 2001, vítima de falência renal. Ele tratara a doença no Hospital Americano de Dubai, em julho de 2001. A teoria foi respaldada pelo chefe de contraterrorismo do FBI, Dale Watson, e pelo ex-presidente do Paquistão, Pervez Musharraf. A mentira teria sido mantida pelo governo Bush para proteger os interesses da indústria bélica e pela Al-Qaeda para atrair mais recrutas

3) Sacrificado

O Paquistão sabia o paradeiro de Osama havia seis anos – mas mantinha segredo porque a parceria com os EUA na caça ao criminoso garantiu mais de R$ 20 bilhões em recursos ao exército paquistanês na última década. O país finalmente teria revelado a informação aos EUA após diversos eventos que estremeceram a relação entre ambos no mês de abril, como a acusação de que o serviço secreto do Paquistão mantinha laços com terroristas e a de que um de seus membros integrou os atentados que mataram 166 pessoas em Mumbai, na Índia, em 2008

4) Vivo

osama bin laden5

A ideia de que ele está vivo é a teoria mais descabida. O porta-voz do Taleban, Zabihullah Mujahid, diz que a “morte” foi uma tramoia criada pelo “império”. A ativista americana antiguerra Cindy Sheehan também crê que Osama vive. Mas eles não explicam por que ele ainda não se manifestou e “derrubou” a farsa

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!