Logo ME

Como é o mundo de O Mágico de Oz?

Acompanhe cada passo da jornada de Dorothy, confira as diferenças entre livro e filme e nunca mais se perca na estrada dos tijolos amarelos

mapa-magico-oz

1. Fazenda no Kansas

Oficialmente, a jornada começa aqui – uma propriedade rural no meio do nada, onde Dorothy mora com os tios (no filme de 1939, há ainda três funcionários). Um poderoso furacão leva a casa embora, mas toda a família consegue se proteger em um abrigo… exceto a garota e seu cãozinho, Totó

2. Cidade Munchkin

A casa cai nessa vila cheia de flores e anões, esmagando a Bruxa Má do Leste. Dorothy pega os sapatinhos de cristal da defunta, o que enfurece a irmã dela, a Bruxa Má do Oeste. Glinda, a Bruxa Boa do Norte (no filme) ou do Sul (no livro), a orienta a seguir pela estrada de tijolinhos amarelos

3. Milharal

Em uma encruzilhada, Dorothy encontra o Espantalho, preso em uma estaca no meio de uma plantação. Ele se diz infeliz, já que, sem cérebro, não consegue se parecer com um humano e, por isso, não consegue espantar os corvos. Decide então acompanhá-la e pedir que o Mágico lhe dê uma mente

4. Bosque

O pomar com macieiras que falam e lutam é o lar do Homem de Lata. Dorothy e o Espantalho colocam óleo em suas juntas para que ele volte a se mexer. Ele logo revela que seu maior sonho é ter um coração e se emocionar. Na saída, há uma casinha cercada por aves de vários tipos, incluindo pavões

5. Floresta

Nesta mata fechada, o Leão surge e prega um susto no trio. Ele tenta atacar Totó, mas leva um tapa de Dorothy e começa a chorar como uma criança. A verdade é que ele é um completo medroso, então se junta aos novos amigos para ir à Cidade das Esmeraldas e pedir coragem ao Mágico de Oz

6. Campo de Papoulas

Na saída da floresta, o grupo encontra esse jardim com flores de vários tons. Animados com a visão da Cidade das Esmeraldas, logo do outro lado, eles tentam passar correndo, mas um veneno colocado nas papoulas pela Bruxa Má faz dormir quem é de carne e osso. Depois de um tempo, Glinda acorda os heróis

7. Cidade das Esmeraldas

No filme, a capital de Oz é feita inteiramente desse material. No livro, a pedra preciosa é apenas usada na decoração – os habitantes são obrigados a usar óculos “protetores” que os fazem enxergar tudo verde e reluzente. O Mágico promete realizar os pedidos do quarteto se eles matarem a Bruxa Má

8. Floresta Assombrada

Na busca pela Bruxa, eles vão parar no lar de corujas e corvos macabros, empoleirados em plantações retorcidas. Os macacos alados, servos da feiticeira, aparecem e batem em todo mundo, levando para o castelo apenas Dorothy e Totó. Os outros três ficam jogados no chão tentando se recompor

9. Castelo da Bruxa

A construção fica no topo de uma montanha e é habitada por vários guardas de pele verde e chapéu peludo. O Espantalho, o Leão e o Homem de Lata conseguem entrar disfarçados. Dorothy, que estava presa num quarto isolado, escapa e joga água na Bruxa do Oeste, que acaba derretendo

10. Chinatown

No livro, o grupo passa por esse vilarejo todo feito de porcelana – inclusive os moradores! Se algum deles se quebra, ganha um remendo e desce um degrau na hierarquia social. No topo estão os príncipes e as princesas, que são “perfeitos”. Se algum deles sair da cidade, vira enfeite de prateleira

11. Castelo da Glinda

Feito de rubis e todo vermelho, ele só aparece no livro. Glinda conta a Dorothy que os sapatos “roubados” no começo da história são mágicos. Com três batidinhas no calcanhar e a frase “Não há lugar melhor do que nosso lar”, ela acorda no Kansas e tudo se revela um sonho. Ou será que não?

FONTES Filmes O Mágico de Oz (1939) e Oz: Mágico e Poderoso (2013), livro O Mágico de Oz, de L. Frank Baum, e site Oz Wikia